Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Operação em Presidente Figueiredo-AM apreende 15 adolescentes e fecha três bares

A ação visa tirar crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social das ruas, capturar fugitivos entre outras medidas

Operação em Presidente Figueiredo-AM apreende 15 adolescentes e fecha três bares

Operação em Presidente Figueiredo-AM apreende 15 adolescentes e fecha três bares (Divulgação)

A operação realizada em conjunto com vários órgãos no município de Presidente Figueiredo (distante 107 quilômetros de Manaus) teve a apreensão de 15 adolescentes com idades entre 14 e 15 anos, três pessoas detidas por porte de arma branca, três bares fechados devido à documentação irregular, um motorista autuado em flagrante por embriaguez ao volante e outro condutor autuado por poluição sonoro. A ação foi iniciada por volta das 22h de sábado (25) e concluída às 4h do último domingo (26).

Participaram da operação as Polícias Civil, Militar e Federal do Amazonas, Ministério Público do Estado, Conselho Tutelar, Empresa Estadual do Turismo do Amazonas (Amazonastur) e Secretaria do Meio Ambiente do Município de Presidente Figueiredo.

De acordo com o Delegado Titular da 37ª Delegacia Interativa de Polícia (DIP), de Presidente Figueiredo, Valdnei Silva, o objetivo da operação foi tirar crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social das ruas, capturar fugitivos, autuar motoristas por embriaguez ao volante, além de punir pessoas que estejam praticando poluição sonora.

Incentivada pelo Poder Judiciário do Estado, a ação contou com equipamentos para medir a poluição sonora, bafômetros, um cão de guarda, um cão farejador e teve a participação de aproximadamente 41 pessoas, além de 15 carros e cinco motocicletas.

Adolescentes em risco

Os adolescentes apreendidos foram encaminhados ao 37º DIP, onde os pais assinaram um termo de compromisso e terão que comparecer ao Ministério Público com os filhos para que seja feito um trabalho de orientação, baseado no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Após prestarem esclarecimentos, as três pessoas detidas com armas brancas foram liberadas. O homem que dirigia embriagado foi liberado e responderá pelo crime em liberdade, porque pagou fiança. O carro foi apreendido.

O condutor autuado em flagrante por perturbação do sossego alheio também teve o carro apreendido e o aparelho de som recolhido pela Secretaria do Meio Ambiente. Ele assinou Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e ao final do processo pagará multa.

Com informações da assessoria