Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Batalhão da Polícia Ambiental apreende madeira e carne ilegais nas proximidades de Manacapuru

Barco continha carne de queixada, anta, paca, pato, peixe-boi e pirarucu, além de pescado em geral, e outras embarcações transportavam madeira

Madeira ilegal 9

Madeira ilegal 9 (Divulgação)

Na madrugada desta sexta-feira (28), uma operação desencadeada às 21hrs da última quarta-feira pelo Batalhão de Polícia Ambiental resultou na apreensão de quatro embarcações que transportavam madeira ilegal e outra que transportava carne de caça e de pesca ilegal. Dois caminhões, de placas JXL-5789 e JWI-7672, que transportavam 6 m3 de madeira sem Documento de Origem Florestal (DOF), também foram apreendidos.

Os barcos que transportavam madeira foram interceptados ao longo do rio Manacapuru enquanto o barco com pescado e caça ilegal foi abordado na orla do Miriti (na cidade de Manacapuru, a 68 quilômetros da capital). Já foram contabilizados 345 quilos de porco do mato (queixada), 20 qulios de paca, 35 quilos de anta, 135 quilos de peixe-boi, 490 quilos de pirarucu e um pato selvagem.


Os caminhões eram dirigidos por Edson Delfino Monteiro, de 27 anos, e Francimar Gomes da Silva, de 39 anos, quando da apreensão.

Os barcos foram trazidos a Manaus e chegaram na capital às 18hrs, atracando no porto do São Raimundo. A polícia ainda não concluiu o trabalho de cubagem, mas estima-se que 120 m3 de madeira ilegal esteja nas embarcações.

Mais informações em breve.