Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Operação combate exploração do trabalho infantil em Manaus

Comitê criado para atuar durante os jogos da Copa do Mundo registrou, até quinta-feira, 63 ocorrências no entorno da Arena da Amazônia

Atuação dos órgãos parceiros acontece tanto na Arena quanto na Fifa Fan Fest

Atuação dos órgãos parceiros acontece tanto na Arena quanto na Fifa Fan Fest (Divulgação)

Enquanto as atividades envolvendo a realização de jogos da Copa do Mundo em Manaus trazem alegrias e lucros, para algumas crianças e adolescentes esses eventos são motivos de preocupação, principalmente aquelas encontradas vendendo biscoitos e balas ou atuando como malabares nos sinais de trânsito. Ao atender o chamado da Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH-PR) com a instalação do Plantão Integrado do Comitê Pró-Copa 2014 em Manaus foi às ruas nos dias de realização dos jogos e registrou, até quinta-feira, um total de 63 ocorrências, mais da metade de trabalho infantil.

Os comitês foram criados em cada uma das 12 cidades-sede da Copa foram com a responsabilidade de manter e gerir plantões interinstitucionais, reunindo equipes itinerantes de atendimento e fazendo uso de espaços temporários de convivência. O foco da atenção dos comitês são os estádios e as estruturas disponibilizadas para a realização das Fan Fests, pelo impacto que estas provocaram nos índices de violações de direitos de crianças e adolescentes durante a Copa das Confederações, em 2013.

As equipes trabalham com o Guia de Referência para a Cobertura Jornalística – Grandes Eventos Esportivos e os Direitos de Crianças e Adolescentes, publicado pela Andi – Comunicação e Direitos, em parceria com a SDH-PR, a Secretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Criança e do Adolescente (SNPDC) e o Conselho Nacional dos Direitos das Crianças e do Adolescente (Conanda). O guia demonstra a necessidade da sociedade brasileira estar atenta para situações que potencializam a ocorrência de graves violações de direitos, como exploração sexual, trabalho infantil e abuso de drogas.

Encaminhadas

De acordo com informações da assessoria de imprensa do comitê, as crianças e adolescentes encontrados em situação de trabalho infantil foram cadastradas para acompanhamento nas unidades do Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) e Centro de Referência Especializada em Assistência Social (CREAS) e pelos Conselheiros Tutelares. A secretária Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh) e coordenadora do Comitê Local Integrado Pró-Copa, Goreth Garcia Ribeiro, avaliou positivamente os trabalhos nos primeiros dias de Mundial.