Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

PM prende suspeito de assaltar casal dentro do campus da Ufam

Jovem de 19 anos foi detido após levar carteira com documentos, cartões de crédito e mochila das vítimas. Outros dois suspeitos conseguiram fugir do local

Alef foi capturado pela polícia após praticar assalto com dois comparsas dentro do campus da Ufam

Alef foi capturado pela polícia após praticar assalto com dois comparsas dentro do campus da Ufam (Lucas Silva)

“Foi um colega meu que me chamou para fazer isso. Foi um momento de leseira”, disse arrependido Alef Carvalho Soares, 19, preso na noite desta quarta-feira (29) após assaltar dois estudantes dentro do campus da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), no bairro Coroado, Zona Leste de Manaus. Outros dois suspeitos do crime conseguiram fugir.

As vítimas, uma estudante de 19 anos do curso de Ciências Naturais e um rapaz de 21, foram surpreendidos próximo de um ponto de ônibus dentro do campus. No local regularmente acontecem pequenos roubos e furtos. Alef disse que um dos comparsas portava uma arma de fogo, de calibre desconhecido, durante o roubo.

Dois celulares, uma carteira com documentos e cartões de créditos e uma mochila com livros foram levados das vítimas. “Eu ia ficar com o celular e a mochila ficou com meu colega”, disse Alef. Após o roubo, os três infratores seguiram andando até um ponto de ônibus no campus, embarcaram em um coletivo e desceram na “bola” (rotatória) do Coroado.

As vítimas acionaram a Polícia Militar, que efetuou buscas na região. Policiais da 11ª e 25ª Companhia Interativa Comunitária conseguiram localizar o trio na ladeira da rua Flávio Costa, no Coroado, mas os comparsas de Alef perceberam a chegada da viatura e fugiram deixando a mochila e levando a arma de fogo. Alef não escapou.

“A gente desceu lá na ‘bola’ e foi andando até a ladeira”, explicou Alef. Na delegacia, 9º Distrito Integrado de Polícia, Alef apresentava escoriações e marcas de agressão no rosto. Ele recebeu assistência de três advogados e acabou autuado por roubo. Alef será encaminhado à cadeia pública e a polícia continua em busca das outras duas pessoas envolvidas no crime. Os objetos roubados foram devolvidos aos estudantes.