Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Pastor é detido fumando maconha na Zona Norte de Manaus

De acordo com capitão da 27ª Cicom, Márcio Leite, os policiais do Ronda no Bairro estavam fazendo uma ronda de rotina quando avistaram o pastor saindo de uma bocada com um cigarro de maconha na boca

O pastor foi detido quando estava saindo de uma bocada com um cigarro de maconha na boca, na Zona Norte de Manaus

O pastor foi detido quando estava saindo de uma bocada com um cigarro de maconha na boca, na Zona Norte de Manaus (Winnetou Almeida)

Com duas porções de maconha que o pastor Isaac Salomão da Silva, 38, foi detido por policiais militares do Ronda no Bairro da 27ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), por volta de 4h da manhã desta segunda-feira (27), na rua Nilton Vieiralves, no Novo Aleixo, Zona Norte.

De acordo com capitão da 27ª Cicom, Márcio Leite, os policiais do Ronda no Bairro estavam fazendo uma ronda de rotina quando avistaram o pastor saindo de uma bocada com um cigarro de maconha na boca.

Conforme informações da polícia militar, o pastor apontou que um homem conhecido como Wandame Mendes dos Santos, 23, teria vendido os entorpecentes no local. O suspeito também foi detido pela polícia militar com uma trouxinha de pasta-base de cocaína, 20 mililitros de thinner e R$ 33,75 em espécie.

Os dois foram levados para o 27º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no Amazonino Mendes, Zona Norte, e de acordo com delegado titular Rodrigo Bona, foi instaurado um flagrante de Termo Circustanciado de Ocorrência (TCO), por uso de drogas. A dupla foi liberada na manhã desta segunda (27).

Em depoimento à polícia o pastor disse que só estava usando drogas, e Wandame destacou que foi confundido porque só é usuário de entorpecentes também.

Isaac responde no Tribunal de Justiça do Amazonas (TJ-AM), por roubo e Wandame responde na Justiça por furto.

Segundo a polícia, o pastor congregava na igreja Poço de Jacó, no Zumbi, Zona Leste. Na manhã desta segunda, vários fiéis estiveram na delegacia e não acreditavam que o pastor estava envolvido com o tráfico de entorpecentes.