Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Polícia prende trio suspeito de esquartejar vítimas em Manaus

Um dos suspeitos confessou ter cometido cinco crimes, porém polícia acredita que número pode ser maior. Grupo também tinha envolvimento com tráfico de drogas na Zona Norte de Manaus

Além de homicídios, suspeitos têm envolvimento com tráfico de drogas na Zona Norte

Além de homicídios, suspeitos tinham envolvimento com tráfico de drogas na Zona Norte (Antonio Menezes)

Após ação deflagrada na noite desta quarta-feira (21), a polícia prendeu três homens suspeitos de praticar uma série de homicídios na capital. Além dos assassinatos, Janderson da Silva Lobato, 19, o “Cica”; William Pereira da Silva, 20, conhecido como “Pezão”; e Luzenildo da Costa de Souza, 22, o “Zildo”, também são envolvidos com tráfico de drogas na Zona Norte de Manaus.

Os policiais chegaram até o trio por volta das 18h, na avenida Noel Nutels, bairro Cidade Nova, após o recebimento de denúncia anônima. Eles estavam num carro modelo Saveiro, de cor cinza e placas OAA – 1347, que foi apreendido durante a diligência.

Numa residência localizada na travessa Alagoas, Loteamento Parque dos Estados, bairro Cidade Deus, Zona Norte de Manaus, onde “Cica” e “Pezão” moravam, os investigadores encontraram 12 porções de substância entorpecente com características de maconha, uma balança de precisão, além de material para refino e embalo da droga.

Durante coletiva de imprensa realizada na sede da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) na manhã desta quinta-feira (22), o delegado titular Paulo Martins revelou detalhes das investigações que culminaram nas prisões de “Cica” e dos comparsas.

“Em depoimento “Cica” confessou a autoria de cinco homicídios, mas as investigações apontam o envolvimento dele em pelo menos 10 crimes desse gênero, entre eles, o homicídio de um homem no ramal da Prainha, onde a vítima foi decapitada. Assim que ele e “Pezão” mataram a vítima, eles arrancaram a cabeça e a enterraram a aproximadamente 200 metros do corpo. Na ocasião, o corpo foi encontrado primeiro. Dois dias depois, com a ajuda de um cão farejador, a cabeça foi achada”, explicou o Titular da DEHS.

Paulo Martins declarou ainda, que eles são considerados indivíduos de alta periculosidade. “Eles são extremamente frios. O modus operandi deles é o esquartejamento das vítimas. Agora os apresentamos à sociedade e posteriormente à Justiça, para que eles respondam pelos crimes que cometeram”, declarou.

“A partir de agora iremos dar continuidade às oitivas, pois temos diversos procedimentos em aberto em que “Cica” e os comparsas são citados e que serão concluídos. Eles comandam o tráfico de drogas na área do bairro Nova Cidade e, diante disso, eles executam todos os concorrentes”, argumentou a delegada adjunta da DEHS, Sancha Sodré. 

“Cica”, “Pezão” e “Zildo” foram autuados em flagrante por tráfico de drogas, apetrechos e associação para o tráfico de drogas. Ao término dos procedimentos cabíveis, os três serão conduzidos à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficarão à disposição da Justiça.

*Com informações da assessoria