Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Polícia prende suspeitos de matar “Baixinho” no rip rap do bairro Glória, na Zona Sul de Manaus

A vítima foi baleada com tiro no rosto e depois foi arremessada dentro do igarapé do bairro Glória. Edilson e um adolescente de 16 anos foram pegos, mas um terceiro suspeito, o "Mascote", está sendo procurado

dupla presa

Adolescente de 16 anos e Edilson foram apresentados no 5º DIP (Antônio Menezes)

Edilson da Silva Brito, 23, conhecido como “Catita”, e um adolescente de 16 anos foram considerados pela Polícia Civil como suspeitos de terem assassinado o soldador Vanilson Cavalcante de Araújo, 28, o “Baixinho”, morto com um tiro no rosto na tarde de quarta-feira (21), no rip rap do beco Vitória, bairro Glória, Zona Oeste da cidade. A polícia ainda procura por um terceiro envolvido, o “Mascote”.

Os policiais chegaram ao local após serem informados que um homem teria acabado de ser assassinado por um rapaz que estava com outros dois em via pública. Na ocasião, Edilson teria disparado um tiro de arma caseira no rosto da vítima, que veio a óbito no lugar. Após ser alvejado na cabeça, Vanilson ainda foi arremessado pelos assassinos dentro das águas poluídas do igarapé que banha a orla do bairro Glória.

De acordo com testemunhas, o trio havia saído correndo em direção ao beco São José e se escondido dentro de uma casa abandonada. Ao perceberem a aproximação dos policiais, os três infratores empreenderam fuga, pulando dentro de um igarapé e se escondendo embaixo das casas no lugar. “Catita” e um adolescente foram interceptados, mas “Mascote” conseguiu fugir.

Durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira (22), no 5º DIP, o Delegado Rodrigo de Sá Barbosa explicou detalhes da ação, que resultou na prisão de Edilson. “Assim que fomos informados sobre o homicídio nos deslocamos ao local do fato e diante do que apuramos lá, conseguimos chegar até os dois infratores”, declarou Rodrigo de Sá.

Rodrigo de Sá afirmou que Vanilson e Edilson possuíam uma rixa e que, tempos atrás, os dois teriam se envolvido em uma briga. A prisão de Edilson e do adolescente de 16 anos foi efetuada por policiais militares da 5ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom). Junto com eles, foi encontrada uma arma caseira, possivelmente usada para assassinar Vanilson.

Edilson, que já tem passagem pela polícia por envolvimento com o tráfico de drogas, desta vez foi autuado por homicídio duplamente qualificado e associação criminosa majorada, além de corrupção de menores. Ele será encaminhado à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, onde ficará à disposição da Justiça. O adolescente será encaminhado à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (DEAAI).

*Com informações da assessoria de imprensa