Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Policiais Militares sequestram padeiro e pedem resgate de R$ 50 mil

De acordo com a polícia, os PMs invadiram a casa da vítima se identificando como policiais da Delegacia Especializada em Prisão e Repressão a Entorpecentes

Armas e capuzes usados pelos policiais para fazer a suposta extorsão

Armas e capuzes usados pelos policiais para fazer a suposta extorsão (Márcio Silva)

Três policiais militares invadiram a casa de um padeiro, localizada na Comunidade Fazendinha, Zona Norte, por volta das 6h desta sexta-feira (3). Os policiais militares envolvidos são: Ivanilson dos Reis Nascimento e  Thiago Torquato Herculano Viana da 17ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e Marcelo Rodrigues de Souza na 13ª Cicom, segundo informou a polícia.

Eles teriam invadido a casa do padeiro (que não teve o nome revelado por temer represálias) e se identificaram como policiais civis da Delegacia Especializada em Prisão e Repressão a Entorpecentes (Depre).

Em depoimento a vítima disse que os PMs chegaram perguntando por drogas e dinheiro e antes de ser levado pelos policiais, a vítima entregou a chave da casa para uma vizinha, para que esta informasse aos familiares dele que estava sendo preso.

Eles seguiram em um veículo modelo Voyage, cor preta e placas OAE 8286, que segundo a polícia eram uma placa fria, a original seria NOU-1367.

A vítima relatou ainda que foi encapuzado e espancado pelos PMs que pediam dinheiro e chegou a revelar aos homens que guardava uma quantia de seis mil e cinquenta reais enterrados no quintal da casa.

Eles então retornaram a casa da vítima, pegaram o dinheiro e saíram dessa vez para pedir mais dinheiro da família. Nesse momento, a vizinha que tinha recebido a chave, suspeitou da ação e anotou a placa do veículo e avisou uma irmã da vítima.

Segundo momento da ação 

Num segundo momento, a irmã do padeiro ligou para ele e os PMs iniciaram uma negociação de resgate, pedindo R$ 50 mil. A mulher informou aos supostos sequestradores que teria apenas mil reais e repassou o endereço do consultório dentário no bairro Coroado, Zona Leste, onde trabalhava para que pudessem fazer a troca.

Ao desligar o telefone a irmã da vítima imediatamente acionou os policiais militares da 11ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) que ficaram em campana com três viaturas e conseguiram prender os suspeitos.

Boatos de sequestro forjado

Boatos davam conta de que o padeiro poderia estar envolvido no sequestro para conseguir dinheiro.

A delegada titular do 11º Distrito Integrado de Polícia (DIP) Tatiana Feijó, informou que em nenhum momento durante os depoimentos a hipótese foi levantada, mas que aparentemente a vítima não apresentava lesões pelo corpo, motivo pelo qual os suspeitos foram autuados em flagrantes por extorsão mediante sequestro e Thiago o dono do veículo por adulteração de sinal de veículo automotor (placa fria).

A vítima deverá passar ainda por exame de corpo delito para apurar as agressões relatadas em depoimento, informou a delegada.

Caso será apurado pela corregedoria da PM

A delegada disse ainda que o caso já foi comunicado à corregedoria da Polícia Militar.

“Após todos os procedimentos legais, os suspeitos serão encaminhados ao Batalhão de Guarda da Polícia Militar e o caso será comandado pela corregedoria”, explicou.