Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Prazo para requerer primeiro título de eleitor e transferência de título vai até o dia 7 de maio

Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas mantém central de atendimento para realizar os procedimentos mais comuns requeridos por eleitores

Central de atendimentos funciona das 7 às 13hrs, de segunda à sexta-feira

Central de atendimentos funciona das 7 às 13hrs, de segunda à sexta-feira (Luiz Vasconcelos)

Com as eleições se aproximando, é importante estar em dia com os órgãos eleitorais: para poder votar este ano, os eleitores que desejam tirar o primeiro título ou fazer transferência devem fazer suas solicitações até o dia 7 de maio. Já os que quiserem emitir segunda via tem até o dia 25 de setembro.

Tudo isso é feito através no Tribunal Regional Eleitoral do Amazonas (TRE/AM), sediado na avenida André Araújo, 200, bairro Aleixo, na Zona Centro-Sul da cidade, por meio da sua central de atendimento, que funciona das 7h às 13h, de segunda à sexta-feira.

Carteira de identidade, carteira de trabalho ou certidão de nascimento são requeridos para a emissão do primeiro título, assim como comprovante de residência atualizado e, para os homens maiores de 18 anos, certificado de quitação do serviço militar.

Passaporte, carteira de motorista ou qualquer tipo de crachá não servem como formas de identificação para emissão de primeiro título.

Para transferência de título, são necessários carteira de identidade, carteira de trabalho ou carteira de motorista, título de eleitor (caso possua) e comprovante de residência atualizado. Para segunda via, por sua vez, basta carteira de identidade, de trabalho ou de motorista.

Nas três situações, os eleitores não precisam levar cópia de nenhum desses documentos durante o atendimento, bastando a apresentação dos originais.

QUEM DEVE VOTAR

Todo brasileiro alfabetizado, entre 18 e 70 anos, tem o poder e dever de votar. Para os analfabetos, os com idade entre 16 e 18 anos, e os maiores de 70 anos, o voto é facultativo.

Além disso, os estrangeiros e os conscritos (aqueles que estão prestando o serviço militar obrigatório) não podem votar.

Em 2014, a novidade é que jovens que completam 16 anos até a data da eleição já poderão requerer seu título, bastando que o façam antes de 7 de maio.

*com informações da Assessoria de Imprensa