Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Prefeitura de Manaus amplia oferta para teste rápido de HIV, sífilis e hepatites em UBSs

Agora, são 47 Unidades Básicas de Saúde que oferecem o serviço na rede municipal. Além disso, o teste passou a ser oferecido por meio da Unidade Fluvial, uma vez ao mês, nas comunidades ribeirinhas

foto legenda

Site possui lista completa de UBSs que oferecem serviço (Divulgação)

A Prefeitura de Manaus implantou em mais cinco Unidades Básicas de Saúde (UBSs) a oferta do teste rápido para a detecção de HIV, sífilis e hepatites (B e C), ampliando de 41 para 47 o número de UBSs na capital que oferecem o serviço na rede municipal.

O teste rápido foi implantado na Policlínica Castelo Branco (Parque 10 de Novembro, Zona Centro-Sul) na UBS José Rayol (Chapada, Zona Centro-Sul), na UBS Santos Dumont (Santo Antônio, Zona Oeste), na UBS Ida Mentoni (São Jorge, Zona Oeste) e na UBS Deodato de Miranda Leão (Glória, Zona Oeste).

Além disso, o teste passou a ser oferecido por meio da Unidade Fluvial da Semsa, uma vez ao mês, às comunidades ribeirinhas localizadas no rio Amazonas. A lista completa das UBSs que oferecem o teste rápido pode ser acessada no site semsa.manaus.am.gov.br.

A meta implantar testes rápidos em 100% das UBSs da rede municipal até o fim de 2014. “Para isso, a Semsa está realizando uma série de treinamentos para capacitar profissionais de todas as 63 Unidades Básicas de Saúde, além das sete policlínicas da rede municipal”, disse o secretário Municipal de Saúde, Homero de Miranda Leão.

As 47 UBSs que já oferecem os testes rápidos estão localizadas nas zonas Norte, Leste, Oeste, Sul e Rural (área terrestre e fluvial), incluindo a Unidade de Saúde Fluvial Semsa IV (Barco Catuiara). O serviço é oferecido na rotina de trabalho de cada UBS, de acordo com a realidade e a demanda específica da comunidade.

O resultado é disponibilizado em 30 minutos, incluindo o pré e o pós-aconselhamento. Qualquer pessoa pode ter acesso ao serviço, mas a prioridade são as grávidas durante a consulta do pré-natal. O serviço também é oferecido ao parceiro da gestante e a pacientes em tratamento de tuberculose, que  a principal causa de morte em pacientes com Aids.

*Com informações da assessoria de imprensa