Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Prefeitura de Manaus promove campanha de vacinação de animais no fim de semana

Neste sábado (14), equipes da Semsa estarão à disposição nos postos do CCZ pela cidade; etapa de visitas terminou com mais de 200 mil animais imunizados

Campanha de vacinação do Centro de Controle de Zoonoses

Pessoas que ainda não puderam vacinar seus animais devem procurar os postos do CCZ (Clovis Miranda)

As pessoas que possuem animais de estimação em Manaus estão sendo convocadas pela Prefeitura a levar os animais para a imunização contra a raiva.

Com o fim da etapa de visitas residenciais pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), já foram vacinados 201.646 cães e gatos, mas a meta, estipulada pelo Ministério da Saúde (MS) é chegar a 204.302. Por isso, as equipes do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) estarão à disposição dos donos para proteger contra a raiva o animal que ainda não recebeu a vacina, com postos volantes nos Distritos de Saúde da Semsa e no próprio CCZ, neste sábado, 14, das 8h às 12h.

As equipes de vacinadores do CCZ iniciaram a vacinação no dia 29 de outubro em todos os cães e gatos de todas as zonas da cidade de Manaus. De acordo com o secretário municipal de Saúde, Evandro Melo, a Semsa pretende vacinar 155.823 cães e 48.479 gatos somente na zona urbana. “Iremos ultrapassar a meta porque  estamos vacinando também na zona rural e deveremos chegar a 210 mil animais protegidos contra a raiva em Manaus.

“Apesar de as equipes terem ido a todos os bairros, muitas pessoas não estavam em casa para que pudéssemos vacinar os animas. Agora, esses donos podem procurar os distritos e o CCZ”, ressaltou.

A campanha foi executada por 120 equipes de vacinadores, que visitaram cada residência para vacinar os animais. “Os vacinadores estiveram identificados com a camisa e o colete de vacinador, e a população colaborou com as equipes na contenção dos animais no momento da vacina”, disse Evandro Melo, lembrando que podem ser vacinados animais com mais de três meses de vida e que não estejam doentes.

Raiva
A raiva é uma doença grave causada por vírus do gênero Lyssavirus que ataca o sistema nervoso (cérebro, medula espinhal e nervos) dos mamíferos. O vírus é temporariamente eliminado principalmente pela saliva do animal doente e, geralmente, é transmitido quando o animal infectado morde, arranha profundamente ou lambe a pele lesionada de outro animal ou pessoa.

Os sintomas da raiva podem demorar a aparecer, mas quando o vírus atinge o sistema nervoso do animal, este pode apresentar os seguintes sinais, de forma progressiva e rápida: mudança brusca de comportamento (inquietação, andar sem rumo, agressividade e isolamento); cães e gatos apresentam “tiques”, como se estivessem mordendo o ar; salivação abundante; dificuldades para engolir; fotofobia (aversão à luz); mudanças nos hábitos alimentares; e paralisia das patas traseiras.

Depois do início dos sintomas, os mamíferos normalmente adoecem e morrem, em média, em 10 dias. Por ser uma doença que pode ser transmitida dos animais para os seres humanos e por apresentar letalidade em 100% dos casos, a raiva é uma zoonose de grande importância na saúde pública.

Locais de vacinação
DISTRITO DE SAÚDE NORTE: Avenida Noel Nutels, nº 12, Cidade Nova I

DISTRITO DE SAÚDE LESTE – Rua das Rosas, s/nº, Jorge Teixeira I Etapa

DISTRITO DE SAÚDE SUL – Rua Nicolau da Silva, nº 54, São Francisco

CENTRO DE ZOONOSES – Avenida Brasil, s/nº, Compensa I (próximo à Feira Coberta e à sede da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana e Saneamento Público – Semulsp)

* Com informações da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa)