Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Prefeitura recolhe bancas com alimentos impróprios para consumo no Centro de Manaus

A ação ocorreu na esquina da Floriano Peixoto com a rua dos Andradas. Os produtos e materiais recolhidos foram descartados pelo Departamento de Vigilância Sanitária (Dvisa), que também participou da operação

Uma banca que estava fechada há cinco dias também foi recolhida

Uma banca que estava fechada há cinco dias também foi recolhida (Divulgação)

Bancas com verduras, frutas e lanches manipulados, armazenados e comercializados inadequadamente por 20 ambulantes no Centro da capital foram recolhidas pela Prefeitura de Manaus, na manhã desta quinta (15). A ação ocorreu na esquina da Floriano Peixoto com a rua dos Andradas e foi realizada por meio da Secretaria Municipal de Feiras, Mercados, Produção e Abastecimento (Sempab).

A ação contou com o apoio da Guarda Municipal e do Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb). Os produtos e materiais recolhidos foram descartados pelo Departamento de Vigilância Sanitária (Dvisa), que também participou da operação. Uma banca que estava fechada há cinco dias também foi recolhida.


"Inicialmente estávamos averiguando um pedido da comunidade para que cuidássemos do reordenamento deste local e os pedestres pudessem circular livremente na calçada, mas encontramos estas barracas com produtos inadequados para o consumo", explicou o secretário da Sempab, Fábio Pacheco. Após a retirada dos ambulantes, os servidores da Secretaria Municipal de Limpeza e Serviços Públicos (Semulsp) recolheram o lixo do local.

Além desta ação, fiscais da Sempab estão atuando na Travessa Tabelião Lessa, no entorno do Mercado Adolpho Lisboa, para coibir a venda de peixes e verduras impróprios para o consumo. Na noite de quarta-feira 14, seis tabajaras foram colocados no local para evitar a aproximação dos canoeiros que comercializam os produtos. Na noite desta quinta-feira, 15, mais seis tabajaras serão colocados.

*Com informações da assessoria de imprensa