Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Prefeitura começa a fiscalizar circulação de veículos pesados nas principais vias de Manaus

A medida foi implementada depois do acidente entre uma caçamba e um microônibus que matou 15 pessoas na avenida Djalma Batista e os veículos devem circular dentro dos horários previstos pela portaria municipal

Carreteiro não se intimida com a presença de viatura do Manaustrans e circula tranquilamente por rua da Zona de restrição

O descumprimento à sinalização é considerado infração grave com multa de R$ 127,69 e cinco pontos na CNH (Luiz Vasconcelos)

Desde quarta-feira (8), a Prefeitura de Manaus vem fiscalizando os veículos pesados na Zona Máxima de Restrição de Circulação. De acordo com a Portaria publicada no Diário Oficial do Município, fica proibido o trânsito de veículos com peso bruto total acima de oito toneladas, na Zona de Máxima Restrição de Circulação (ZMRC 01), de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, e aos sábados, das 6h às 17h, excetuados os feriados.

A ZMRC 01 compreende as seguintes vias:

a) Avenida Leonardo Malcher;

b) Rua Luiz Antony;

c) Rua Governador Vitório;

d) Rua Tamandaré;

e) Rua Marquês de Santa Cruz;

f) Avenida Floriano Peixoto;

g) Avenida Sete de Setembro; e

h) Avenida Joaquim Nabuco.

A Portaria define ainda a proibição de circulação de veículos com peso bruto total acima de 16 toneladas na Zona de Máxima Restrição de Circulação (ZMRC 02), também de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, e aos sábados, das 6h às 17h, excetuados os feriados.

Já a ZMRC 02 inclui as seguintes vias:

a) Rua Marquês de Santa Cruz;

b) Avenida Lourenço da Silva Braga – Manaus Moderna;

c) Rua dos Andradas;

d) Avenida Joaquim Nabuco – trecho entre Rua dos Andradas e Rua Quintino Bocaiúva;

e) Rua Quintino Bocaiúva; e

f) Avenida Floriano Peixoto.

A circulação na Av. Lourenço da Silva Braga (Manaus Moderna) e alças adjacentes à Ponte de Educandos ficam livres para veículos com tonelagem superior à estabelecida nesta Portaria, para fins de entrada e saída no Porto de Manaus, independente de horários de restrição.

Isenções

Os automóveis, caminhões e máquinas que prestam os serviços de urgência e emergência, utilidade pública, cobertura jornalística, bem como os que realizam obras e serviços de infraestrutura urbana mediante autorização do Manaustrans estão isentos das proibições determinadas na Portaria. Também estão isentos aqueles que circulam na área apenas para acessar estacionamento próprio.

Veículos que prestam serviços de utilidade pública na área central e que ultrapassem as oito toneladas, precisam retirar uma autorização provisória, válida por 30 dias, na sede do Manaustrans, localizada na avenida Tefé, 850, Japiim I, Zona Sul. À semelhança das demais, a restrição nas ruas do centro é válida de segunda a sexta-feira, das 6h às 20h, e aos sábados, das 6h às 17h.

Ampliação para a Constantino Nery

A restrição na avenida Constantino Nery, iniciada na última segunda-feira (7), prevê dois horários para circulação de veículos pesados: o primeiro, de Máxima Restrição, de 6h às 9h e das 16h às 20h, quando só será permitida a circulação de veículos com até oito toneladas de peso bruto total; e o segundo, de Média Restrição, de 9h às 16h, quando será permitida a circulação de veículos de até 16 toneladas de peso bruto total.

O descumprimento à sinalização é considerado infração grave com multa de R$ 127,69 e cinco pontos na carteira de habilitação.