Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Prefeitura vai dar intensivo de idiomas há dois meses da Copa

Faltando menos de dois meses para o mundial de futebol, prefeitura resolveu promover curso 'intensivão' de inglês e espanhol para servidores do Samu, Guarda MUnicipal e Manaustrans

Funcionários da Prefeitura estão recebendo treinamento para trabalhar em grandes eventos

Funcionários da Prefeitura estão recebendo treinamento para trabalhar em grandes eventos (Divulgação/ Semcom)

A Escola de Serviço Público Municipal (ESPI), órgão da Prefeitura de Manaus vinculado à Secretaria Municipal de Administração Planejamento e Gestão (Semad), está promovendo o Curso Intensivo de Idiomas para servidores do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), Guarda Municipal e Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização de Trânsito (Manaustrans).

Os alunos são participantes do Programa de Idiomas Manaus Copa 2014. O ‘intensivão’ começou nesta terça-feira, 22, e será ministrado até 27 de maio, na sede da ESPI, na avenida Nilton Lins, Bloco D da Universidade Nilton Lins, Parque das Laranjeiras, zona Centro-Sul.

A diretora geral da ESPI, Luiza Bessa Rebelo, explica que a capacitação é destinada a servidores que já receberam treinamento em inglês e espanhol em nível básico, no ano passado, quando foram capacitados 660 profissionais. “Com a proximidade do mundial, a proposta é trazer os alunos de volta às salas de aula, para atualização dos conhecimentos técnicos, inclusive, com o conteúdo teórico ampliado”, ressalta.

Os servidores do Samu terão aulas sempre no horário da tarde, das 14h às 17h, na ESPI. Das 18h às 21h, a capacitação será destinada a profissionais da Guarda Municipal e do Manaustrans. Luiza Rebelo destaca, também, que a carga horária é composta por 12 horas de aula teórica e outras 18 horas de aulas práticas, fortalecendo o método de conversação.

A diretora salienta, ainda, que o material didático dos treinamentos foi cuidadosamente desenvolvido, de acordo com a necessidade dos profissionais, por uma equipe de professores de idiomas e sob a consultoria do professor do Departamento de Línguas Estrangeiras da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Sérgio Freire. A ESPI realizou um estudo que permitiu a elaboração do material didático considerando a linguagem e as especificidades de comunicação de cada segmento – saúde, trânsito, segurança, além da abordagem de temas comuns como turismo e cultura.