Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Prefeitura promove capacitação para melhorar a qualidade de atendimento a turistas

De acordo com a diretora geral da Espi, o principal objetivo do programa é imprimir maior qualidade no atendimento ao turista que visita a capital amazonense e nos serviços oferecidos

Grupos debatem itens que irão constar no documento, que deverá disciplinar as atividades da RDS Tupé

Cerca de 50 moradores da RDS Tupé estão participando das atividades (Divulgação - Semmas)

Cerca de 50 moradores da Rede de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Tupé estão participando de capacitação promovida pela Prefeitura de Manaus, com foco na qualificação para o atendimento ao turista. O curso, que começou na semana passada e é oferecido apenas aos fins de semana, prossegue neste sábado (26) e domingo (27).

O curso que está sendo ministrado é sobre “Manipulação de Alimentos”. A ação faz parte do Programa de Capacitação para Permissionários e Comunitários, executado sob a coordenação da Escola de Serviço Público Municipal (Espi), órgão vinculado à Secretaria Municipal de Administração, Planejamento e Gestão (Semad). O curso é promovido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) e Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult).

De acordo com a diretora geral da Espi, Luiza Bessa Rebelo, o principal objetivo do programa, que já está no terceiro módulo, é imprimir maior qualidade no atendimento ao turista que visita a capital amazonense e nos serviços oferecidos. Segundo ela, o programa também visa impulsionar o desenvolvimento das potencialidades locais.

No caso do Tupé, o curso está sendo ministrado pela nutricionista Paula Lira, em dois turnos – das 9h às 12h e de 14h às 16h. No curso, Paula Lira aborda questões como a correta manipulação dos alimentos e bebidas, de forma a evitar que os produtos comercializados sejam contaminados.

Em muitos casos, diz ela, espera-se que as orientações levem a uma mudança de hábito, que se traduza no melhor atendimento ao turista. As aulas, com carga horária de 20h, são na unidade de conservação municipal administrada pela Prefeitura de Manaus na RDS.