Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Prefeitura instala sinalização de trânsito para proteger fauna

As placas foram posicionadas em pontos específicos do conjunto Acariquara e da avenida Rodrigo Otávio, no Japiim, por serem locais de grande fluxo de veículos e próximos a fragmentos florestais onde existe fauna silvestre

Para a Semmas, a instalação das placas era uma demanda antiga

Para a Semmas, a instalação das placas era uma demanda antiga (Divulgação)

A Prefeitura de Manaus deu início nesta quinta-feira, 07, ao trabalho de instalação de placas sinalizadoras de passagem de animais da fauna silvestre nas vias urbanas situadas na Área de Proteção Ambiental (APA) Ufam-Acariquara.

O trabalho foi feito por meio das secretarias municipais de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), Infraestrutura (Seminf), Manaustrans, Manauscult e Conselho Consultivo da APA Ufam-Acariquara.

As placas foram posicionadas em pontos específicos do conjunto Acariquara e da avenida Rodrigo Otávio, no Japiim, por serem locais de grande fluxo de veículos e próximos a fragmentos florestais onde existe fauna silvestre. Todos os locais foram georreferenciados e autorizados pelo órgão de trânsito do município.

De acordo com o diretor de Áreas Protegidas da Semmas, Sinomar Fonseca, a instalação das placas era uma demanda antiga, que se soma às demais iniciativas desenvolvidas por órgãos federais e estaduais, que visam proteger os atributos socioambientais destas áreas.

Foram colocadas três placas: duas nos dois acessos do conjunto Acariquara e uma na avenida Rodrigo Otávio, nas proximidades da Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

As placas informarão pedestres e condutores de veículos sobre a travessia da fauna silvestre nas vias das APAs. “A ação é estratégica no sentido de prevenir a perda de pequenos vertebrados (anfíbios e répteis) até mamíferos de médio porte como cutia, preguiça-bentinho, pacas, entre ouras”, explica a técnica da Semmas, Angeline Ugarte, que preside o Conselho Consultivo da APA Ufam-Acariquara.

A APA Ufam-Acariquara possui 753 hectares, sendo um dos maiores fragmentos de floresta nativa em zona urbana do Brasil, constituindo-se em um importante corredor de passagem do sauim-de-coleira, espécie em risco iminente de extinção, de acordo com o Instituto Chico Mendes.

Estudos realizados por instituições de pesquisa apontaram que os atropelamentos e outras formas de acidentes em área urbana contribuem para essa situação. Além da instalação de placas, os técnicos da Semmas fizeram a entrega de folders informativos sobre a importância das áreas de proteção ambiental a condutores e pedestres que passavam pelos locais de instalação.