Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Programa que beneficia as bibliotecas escolares é lançado pela Semed em Manaus

Cerca de 100 mil alunos da educação infantil e Educação de Jovens e Adultos (EJA) são atendidos na rede municipal. O programa tem como objetivo planejar e avaliar as atividades nas bibliotecas das escolas do município

Bibliotecas escolares de Manaus

Bibliotecas escolares de Manaus (Divulgação)

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) apresentou na manhã desta terça-feira (20), no auditório do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (Inpa), o Programa de Melhoria da Biblioteca Escolar. O projeto funciona na rede municipal de ensino com a proposta de planejar, controlar, coordenar, supervisionar e avaliar todas as atividades relacionadas às bibliotecas escolares. 

O programa foi lançado na abertura do seminário que encerrará na próxima quinta-fira (22), e tem como base a Lei Federal Nº 12.244 de 24 de janeiro de 2010, que trata da universalização das bibliotecas escolares, pela qual todas as instituições de ensino públicas e privadas precisam ter uma biblioteca e com bibliotecário até 2020.

O seminário também discutiu o trabalho realizado por profissionais da área em escolas particulares e públicas. O encontro é promovido pelo Conselho Federal de Biblioteconomia (CFB/DF), em parceria com o Conselho Regional de Biblioteconomia da 11ª Região (que engloba os estados do Amazonas, Acre, Rondônia e Roraima) e o CRB da 2ª Região (que abrange os estados do Pará, Amapá e Tocantis).

O evento é considerado o primeiro do CFB/DF na região Norte, o Seminário Regional em Bibliotecas Escolares e Públicas, possibilita os profissionais de biblioteconomia a chance de conhecerem as particularidades vivenciadas por escolas públicas e particulares da cidade.

A coordenadora do Programa de Melhoria da Biblioteca Escolar da Semed, Silene Batista de Lima, foi uma das palestrantes do seminário e explicou aos participantes sobre as atividades executadas na comunidade escolar do município. “É de grande importância a nossa participação nesse seminário, uma vez que vai nortear as diretrizes para as futuras implantações das bibliotecas em todo o País. Esse momento é único para mostrar o esforço que a secretaria vem fazendo ao longo desses anos nas escolas”, comentou.

A Semed conta com 221 bibliotecas escolares, sendo 13 bibliotecas polos. O quadro de recursos humanos é formado por 44 bibliotecários e 203 auxiliares de bibliotecas formado por professores readaptados e pessoal administrativo.