Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Quarteto que traficava em arraial no Lírio do Vale, em Manaus, é preso com mais de 10 kg de droga

Grupo foi capturado dentro de táxi no momento que retornava a “laboratório” para buscar mais material para venda. Com longa ficha criminal, eles tinham nos celulares mensagens enviadas a pessoas de dentro do sistema prisional

Bando foi preso por policiais da Rocam e levados à delegacia

Bando foi preso por policiais da Rocam e levados à delegacia (Divulgação)

Policiais militares da Ronda Ostensiva Cândido Mariano (Rocam) prenderam quatro homens dentro de um táxi na avenida Brasil, bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus, na madrugada desta segunda-feira (4). O grupo venida droga em um arraial no bairro Lírio do Vale, Zona Oeste, e tinha mais de 10 quilos de droga escondidos em “laboratório”.

Alex Reis da Silva, 28, Wendel Ribeiro do Nascimento, 26, João Kayb Damasceno Martins, 23, e Ângelo Farias da Silva, 37, estavam retornando à sede para buscar mais trouxinhas para vender no arraial, já que o primeira parte do carregamento havia sido completamente vendida a usuários. Eles estavam dentro do táxi de modelo Corsa, de placas JXP-2704, na avenida Brasil, quando foram abordados pelos PMs

A equipe da Rocam, comandada pelo tenente Aldivan, verificou que Alex e Wendel tinham passagem pela polícia por tráfico de drogas e que no carro havia algumas porções de maconha. Além disso, nos celulares dos suspeitos havia mensagens com conteúdo sobre venda de entorpecentes, algumas delas trocadas com pessoas de dentro do sistema prisional do Amazonas.

Após série de indagações, o grupo confessou o endereço do “laboratório” de drogas onde guardava mais de 10 quilos de oxi, maconha e cocaína: uma casa na rua do Areal, Compensa 3. O material estava distribuído em tabletes e em porções, como 1096 trouxinhas de oxi e 120 trouxinhas de maconha, escondido no quarto da residência.

Com o bando também foi apreendido um revólver calibre 38 com duas munições intactas e R$ 108. Todos eles acabaram confessando a utilização dos entorpecentes para o tráfico, e foram levados para 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP). Eles foram autuados por tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse irregular de arma de fogo.