Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Quarteto não consegue assaltar cartório em Manaus e foge levando imagens de segurança

Três homens e uma mulher, identificada como Luciana Pereira da Silva, invadiram o local para assaltar, mas não conseguiram levar nada. Entretanto, eles pegaram uma CPU com as imagens das câmeras de segurança

Quem tiver informações sobre o paradeiro de Luciana pode ligar para o Disque Denúncia 181 da SSP-AM

Quem tiver informações sobre o paradeiro de Luciana pode ligar para o Disque Denúncia 181 da SSP-AM (Divulgação)

Um quarteto formado por três homens e uma mulher, identificada como Luciana Pereira da Silva, invadiu e tentou assaltar um cartório localizado na avenida Borba, bairro Cachoeirinha, na Zona Sul, na tarde desta terça (25). O bando não conseguiu roubar dinheiro, mas saiu levando um computador CPU que guardava as imagens de segurança do local.

Segundo a assessoria da Polícia Civil, o bando estava armado e agiu com violência. Eles trancaram as vítimas, cerca de 10 pessoas entre clientes e funcionários, em uma sala e chegaram a agredir um dos servidores porque no local havia pouco dinheiro. Apenas Luciana foi identificada, mas todos os quatro infratores conseguiram fugir.

Uma equipe de policiais da Força Tarefa da Secretaria de Segurança Pública (SSP) foi acionada e atendeu a ocorrência. Conforme os investigadores, o quarteto pegou primeiro a CPU que registrava as imagens das câmeras e depois seguiu para fazer o assalto. Entretanto, eles desistiram do assalto e fugiram levando sobre o computador.

“Eles foram assaltar, mas ‘na hora’ passou uma viatura e eles se assustaram. Aí desistiram de tudo e fugiram”, contou um policial da Força Tarefa. O quarteto saiu do local em duas motocicletas, uma Twister de cor prata e uma CG San, de placas não identificadas.

Durante trabalho de investigação, os policiais conseguiram identificar Luciana Pereira da Silva como uma das participantes do crime. Uma das vítimas a reconheceu e agora ela e o resto do bando estão sendo procurados. Quem tiver informações pode ligar para o Disque Denúncia 181 da SSP. O caso será investigado na Delegacia de Roubos, Furtos e Defraudações (Derfd).