Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Homem que tentou matar vizinha esfaqueada em Manaus estaria com ‘demônio da agressividade’

Pai do rapaz é pastor de igreja evangélica e confirmou que o filho é usuário de drogas. Segundo ele, rapaz estaria "possuído" no momento do crime e, por isso, não tinha culpa do que tinha feito

O caso foi registrado no 25° Distrito Integrado de Polícia (DIP)

Caso está sendo investigado no 25° Distrito Integrado de Polícia (DIP) (Euzivaldo Queiroz)

Gracimar Matos de Souza, 52, estava sentada em frente à casa dela no bairro Armando Mendes, Zona Leste de Manaus, na noite nesta quinta-feira (21), quando sofreu uma tentativa de homicídio. O vizinho dela, Felipe da Silva Bispo, 21, surpreendeu a todos e a golpeou três vezes com uma faca, duas vezes no braço e uma vez na perna. O pai dele, que é pastor evangélico, disse que Felipe estava possuído por um demônio.

O caso aconteceu na rua O, bairro Armando Mendes. O suspeito do crime, Felipe, estaria drogado no momento do crime, o que foi confirmado por José Ludimilson, 45, pastor evangélico. Segundo ele, Felipe é usuário de drogas e estaria sob o domínio do “demônio da agressividade”, e que por esse motivo não tinha culpa do que tinha feito. Conforme José, Felipe havia parado com as drogas e frequentava a igreja há dois meses.

A vítima estava sentada em frente à casa dela com duas crianças e dois adultos, esperando o término do horário político na TV para depois assistir à novela. Nesse momento, segundo a polícia, Felipe surgiu armado de uma faca e, de repente, começou a golpear a moradora. Depois de deixá-la bastante ferida, o homem fugiu. Gracimar foi socorrida por parentes e levada ao Hospital e Pronto Socorro João Lúcio.

Conforme o motorista de caminhão Flagson Matos, 27, que é filho da vítima, Felipe é usuário de drogas e a casa onde ele mora é um ponto de venda de entorpecentes. De acordo com o motorista, o rapaz estaria sob o efeito de narcóticos na hora do crime. Até o momento, Felipe continua foragido. Ele estaria esperando passar o prazo de flagrante para se apresentar às autoridade, segundo o pai dele.

Felipe não tem passagem na polícia por outros crimes e está sendo procurado e investigado por policiais civis do 25º Distrito Integrado de Polícia (DIP). A vítima, Gracimar, ficou internada em observação no HPS João Lúcio e, após ter ferimentos devidamente cuidados, recebeu alta médica na manhã desta sexta-feira (22) e já está em casa.

*Com informações da repórter Girlene Medeiros