Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Reajuste da tarifa de ônibus ainda está indefinido, informa Sinetram

Sindicato ressalta que as informações que circulam esta semana não passam de especulações e que ainda não decidiram com a Prefeitura de Manaus qual será o valor da nova tarifa

Com o anúncio de paralisação de 70% da frota de ônibus da cidade, usuários podem se preparar para longas esperas

Com o anúncio de paralisação de 70% da frota de ônibus da cidade, usuários podem se preparar para longas esperas (Marcio Silva)

O Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram) informa que ainda não discutiu com a Prefeitura Municipal de Manaus (PMM), um possível reajuste na tarifa do ônibus. Diferente do que vem sendo divulgado por alguns meios de comunicação, que informavam que o órgão já estava levantando uma planilha de custos para propor o acréscimo, o Sinetram ressalta que as informações não passam de especulações.

De acordo com o assessor jurídico do Sinetram, Fernando Borges, ainda não houve reunião entre prefeitura e sindicato patronal para que haja o reajuste tarifário. Conforme a Lei e o contrato, o reajuste deve ser feito anualmente.

“Ainda não discutimos com prefeitura a planilha deste ano. Sabemos que alguns deputados já protocolaram uma ação judicial para impedir um novo reajuste da tarifa, mas a Lei e o contrato devem ser observados. Assim que o prefeito nos chamar, vamos sentar e discutir o assunto”, explica Bores.

Ainda de acordo com Borges, quem elabora a planilha de custos do sistema de transporte coletivo não é o Sinetram, mas de competência da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), porém como não houve encontro o órgão não pode elaborar tal documento. 

*Com informações da assessoria