Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Rio Negro atinge 29,45 metros e Defesa Civil eleva pontes no Educandos, São Jorge e Glória

O Rio Negro atingiu 29,45 metros nesta segunda-feira (9). Algumas das passarelas que serão ajustadas pela Defesa Civil Municipal estão localizadas nos bairros São Jorge, Glória e Educandos

No bairro São Jorge, além da elevação em 40 centímetros, será ajustado o comprimento da ponte

No bairro São Jorge, além da elevação em 40 centímetros, será ajustado o comprimento da ponte (Divulgação)

A Defesa Civil de Manaus começou, nesta segunda-feira (9), a elevar algumas das 42 passarelas construídas em bairros da orla da cidade em virtude da cheia do Rio Negro, que atingiu 29,45 metros. As passarelas que serão ajustadas estão localizadas no bairro São Jorge, onde além da elevação em 40 centímetros, será ajustado o comprimento.

No bairro São Jorge as pontes estão localizadas no Beco Bragança I e II, Beco Itapuranga I, II e III, Rua Vicente Torres Reis, Rua Humberto de Campos e Beco Santa Cruz. Após a conclusão, o trabalho de ajuste segue para os bairros Glória e Educandos.

“Estamos fazendo o monitoramento diário das áreas que estão sendo afetadas pela cheia. Com a desaceleração da subida do rio, possivelmente o ajuste será apenas nesses três locais, porém, o levantamento continua”, explicou o chefe da Divisão de Resposta da Defesa Civil, Altaci Gomes.

Paralelo ao trabalho, agentes da Defesa Civil de Manaus e da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh) retornaram, nesse fim de semana, aos bairros onde já foram feitos os cadastros de famílias para uma nova visita às casas que estavam fechadas durante a ação, mas também estão prejudicadas pela cheia do rio.

No total, o número de famílias cadastradas em Manaus é de 3.022. A Semasdh está fazendo o levantamento socioeconômico dessas famílias para atendimento social por meio de cestas básicas, água potável e Aluguel Social.

CPRM

No final do mês de maio, o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) divulgou previsão de que a cheia do Rio Negro em 2014 deve atingir cota máxima de 29,60 metros em junho, 27 centímetros acima do volume máximo de 2013, que foi de 29,33 metros. A maior cheia do Rio Negro registrada até hoje ocorreu em 2012, com 29,97 metros.

*Com informações da assessoria de imprensa