Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Sargento da PM e travesti vão parar na delegacia após confusão durante programa, em Manaus

O militar carioca se envolveu em confusão com travesti após uma confusão já dentro do veículo. Todos foram parar no 9º DIP e "Bianca" acabou enquadrada por roubo

O caso foi registrado no 9° Distrito Integrado de Polícia (DIP)

O caso foi registrado no 9° Distrito Integrado de Polícia (DIP) (Divulgação/PC)

Um sargento da Polícia Militar do Rio de Janeiro, se envolveu numa briga com um travesti por volta das 3h desta segunda-feira (5), nas proximidades da avenida Autaz Mirim, Zona Leste de Manaus. Os envolvidos apresentaram versões diferentes sobre o ocorrido, que acabou em prisão. 

De acordo com o sargento carioca, ele procurava por uma garota de programa pelas ruas da cidade, porém não achou nenhuma. Ele resolveu, então, aceitar os serviços de Bianca – pseudônimo do travesti – que circulava pela madrugada na Zona Leste.

Segundo informações repassadas pelo 9º Distrito Integrado de Polícia (DIP), o travesti estava acompanhado de dois menores de idade e teria dito que só aceitaria entrar no carro se todos fossem juntos. Ao entrarem no veículo do policial, um dos adolescentes, que estava sentado no banco de trás, teria dado uma "gravata" no sargento na tentativa de roubá-lo.

Em depoimento, o PM disse que conseguiu se livrar e acionou imediatamente a polícia, que logo chegou ao local por meio de uma viatura do Ronda no Bairro. Todos foram encaminhados ao 9° DIP para prestar esclarecimentos.

A versão que Bianca apresentou já na delegacia, no entanto, é diferente: de acordo com o travesti, o sargento não tinha a quantia acertada e Bianca pediu o seu celular e relógio como garantia de pagamento. Como o homem se recusou a dar os pertences, teve início uma discussão.

Menores envolvidos

Juntamente com Bianca e o sargento da PM, foram encaminhados ao 9º DIP dois menores de idade que acompanhavam o travesti: uma garota de 14 anos e um adolescente de 16. Após prestar depoimento na delegacia sobre o ocorrido, o sargento foi liberado. Os plantonistas do 9º DIP não souberam informar o que o sargento está fazendo em Manaus.

Já o travesti foi enquadrado por roubo e deverá ser removido ainda hoje à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, localizada no Centro da capital. Os menores foram encaminhados para a Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai), na Zona Centro-Sul.