Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

SSP-AM avalia veracidade de gravação onde PMs humilham jovens infratores

Vídeo vazou no início da semana; nas imagens, supostos policiais obrigam dois menores a trocar socos e se beijarem na boca, sob pena de serem espancados; o secretário Paulo Roberto Vital já determinou a abertura de sindicância

Os menores são obrigados a trocar socos enquanto gritam frases de apoio à 3ª Cicom

Os menores são obrigados a trocar socos enquanto gritam frases de apoio à 3ª Cicom (Reprodução/Internet)

Um vídeo que “vazou” para as redes sociais no início da semana tem provocado grande repercussão em Manaus.

Nas imagens, supostos PMs da 3ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), localizada no bairro Petrópolis, Zona Sul de Manaus, submetem dois jovens infratores a uma série de humilhações, entre as quais agredirem um ao outro e se beijarem na boca, sob pena de serem espancados com um pedaço de madeira por um dos soldados.

Além da humilhação física, os policiais também chamam os menores de “índio” e “africano”, e os obrigam a dizer frases que exaltem a 3ª Cicom, enquanto trocam socos.

O conteúdo chocante levou o secretário de Estado de Segurança Pública, Paulo Roberto Vital, a determinar a abertura de uma sindicância para apurar o ocorrido.

“Em primeiro lugar, é preciso fazer uma perícia pra analisar a veracidade dessas imagens, pra saber se elas são mesmo lá da Cicom. Mas já iniciamos o trabalho de investigação pra, caso as imagens se provem verdadeiras, nós identificarmos e punirmos os culpados”, afirmou.

A investigação ficou a cargo do Comando Geral da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM) e não tem prazo para conclusão. As imagens, se verdadeiras, evidenciam um momento de covardia e despreparo da PM na tarefa de lidar com indivíduos que, acima de criminosos, são pessoas, passíveis de recuperação.

* Com informações da TV A CRÍTICA.

Confira aqui a matéria exibida nesta quarta (27) pelo Jornal A CRÍTICA sobre o caso.