Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Sejus exonera seis funcionários após festa de aniversário em Centro de Detenção

Os agentes teriam facilitado a entrada de drogas e outros produtos utilizados durante a festa de 'Nanico' no CDP, o que segundo a Sejus é falta gravíssima e será apurada

Nanico

Sejus exonera seis funcionários após festa de aniversário de 'Nanico' em Centro de Detenção (Luiz Vasconcelos - 18/mai/2011)

O secretário de justiça e de direitos humanos  coronel Louismar Bonates disse ontem que reconhece que houve  quebra dos procedimentos de segurança do  Centro de Detenção Provisória (CDP), localizado no km 8 da BR-174, quando da realização da festa de aniversário do detento Alan Cartimário, o 'Nanico', ocorrida no final do mês passado.  Por conta disso foram exonerados o diretor da unidade Carlos Eduardo e o gerente de segurança interna Carlos Damasceno.

Da empresa Humanizare que é responsável pela administração da cadeia foram demitidos um supervisor e três agentes, que não tiveram os nomes revelados. Bonates disse que não vai admitir que as normas de segurança sejam quebradas ela s são importantes para o bom funcionamento da cadeia.

“Mas nós lidamos com seres humanos  que são passíveis de erro, mas nessa administração não vamos admitir erros”, disse.

Bonates disse que independente da exoneração e demissão dos servidores será instaurado inquérito para apurar o ocorrido, pois a  responsabilidade penal não deixará de existir.

O secretário disse que nem todos estavam trabalhando no dia que aconteceu a festa, mas que principalmente o diretor e o gerente deveriam estar atento e evitado que as normas de segurança fossem quebradas.

Tratamento diferenciado

Para Bonates não é admissível  é o tratamento diferenciado  muito menos facilitações por parte da segurança. “O tratamento que é dado a Chico é dado a Francisco”, disse Bonates. Para ele todos são iguais perante a lei e todos estão sob a responsabilidade da Sejus e por tanto devem receber o mesmo tratamento  digno, porem sem promiscuidade. 

Caso será apurado

Quanto aos presos, Bonates disse que a responsabilidade para apurar o caso é do conselho da unidade e que é a primeira vez que ele tem informações que acontecem festas nas unidades prisionais.

Ele disse que ainda não saber se alguém estava sendo favorecido com a permissão da entrada de material para presos sem passar pela revista.

Aniversário de ‘Nanico’

De acordo com informações obtidas pela reportagem de A CRÍTICA, Nanico comemorou o seu aniversário dentro do CDP com churrascada, bolo, refrigerante e até um bingo que tinha como prêmio: um quilo de maconha e outro de cocaína. Todo material entrou na cadeia sem passar pela revista.

A festa foi realizada na presença das visitas dos presos.

Transferido para a penitenciária Federal

Alan Castimário está preso no CDP desde dezembro de 2013, quando voltou ao Amazonas após passar cinco meses no Presídio Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte. 
Considerado preso de alta periculosidade, 'Nanico' foi transferido para a penitenciária federal após ser acusado de liderar a fuga de 176 presos do Instituto Penal Antônio Trindade (Ipat), na capital amazonense.

Ele é apontado como um dos líderes da facção criminosa Família do Norte (FDN) que tem o comando da maior parte das unidades prisionais da capital.