Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Estudante de medicina sofre sequestro relâmpago em Manaus

Quatro rapazes armados com facas abordaram a estudante quando ela tentava entrar no próprio carro, estacionado próximo ao cemitério doBoulevard. Ela ficou cerca de uma hora sob a posse dos sequestradores

Uma estudante de medicina sofreu um sequestro relâmpago no início da noite desta terça-feira (19), quando tentava entrar no próprio carro que estava estacionado ao lado do Cemitério São João Batista, na avenida Boulevard Alvaro Maia, Zona Centro-Sul de Manaus. A moça havia acabado de sair das dependências da universidade para tentar conduzir e estacionar o veículo mais próximo da escola.

Conforme relatos de uma amiga da vítima em uma rede social, por volta das 18h a estudante foi abordada por quatro rapazes armados com facas, que a esperavam próximo ao veículo dela, um Corsa Classic de cor grafite e placas OAH-5979. Ela foi obrigada entrar no carro e ficar sob a posse do grupo, que estava bem agitado. Segundo o tio da vítima, eles pareciam ser adolescentes e diziam que não fariam nenhum mal à ela.

Após cerca de uma hora, a estudante foi libertada e deixada pelos sequestradores no conjunto Atílio Andreazza, bairro Distrito Industrial, Zona Sul da capital, próximo a um campo de futebol. Em seguida, ela procurou ajuda de moradores e conseguiu avisar a família através de uma ligação com um celular emprestado. Não há confirmações se a vítima sofreu algum tipo de ameaça ou agressão física durante o sequestro.

Familiares da estudante registraram ocorrência em uma delegacia de polícia, e o caso foi transferido para a Delegacia Especializada em Roubos e Furtos de Veículos (Derfv). Conforme o delegado Jaime Ferreira, a estudante deve ser localizada ainda esta quarta-feira (20) para prestar depoimento. Segundo ele, uma equipe de policiais já está nas ruas investigando o caso.