Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Sest/ Senat oferece 2.600 vagas para cursos

Três programas nacionais (Formação de Motoristas, Transporte na Copa e Taxista Nota 10) estão com vagas abertas para Manaus, todos com cursos gratuitos

Três programas com 2.600 vagas

Três programas com 2.600 vagas (Divulgação )

Antenado às demandas de crescimento econômico e ao desafio do País de oferecer um transporte de qualidade até a Copa de 2014, o Serviço Social do Transporte e o Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (Sest/ Senat) está desenvolvendo uma série cursos com esse foco.

Três programas nacionais (Formação de Motoristas, Transporte na Copa e Taxista Nota 10) estão com 2.600 vagas abertas para Manaus, todos com cursos gratuitos.

O programa de Formação de Motoristas tem como foco a formação de mão-de-obra qualificada  para atuar no transporte de carga e de passageiros.

De acordo com a diretora do Seast/ Senat no Amazonas, Maria do Socorro Cunha, estima-se que estão disponíveis 1,5 mil vagas na área de transporte, na capital amazonense. Para participar, o candidato precisa ter carteira de habilitação nas categorias C, D ou E.  A meta é qualificar 1 mil pessoas por ano até 2014.

O curso terá 180 horas de aula, com turmas nos três turnos. A primeira turma na próxima segunda-feira (26). A parte prática será realizada em parceria com empresas, que vão oferecer caminhões, carretas, e se comprometem a absorver o trabalhador.

“A Bertolini, por exemplo, já está esperando 30 pessoas para contratar. Eles trazem pessoas da Serra Gaúcha para manejar os cavalos porque aqui não tem gente qualificada e hoje eles têm carretas paradas porque não tem profissional”, contou Cunha.

Outro programa é o Transporte na Copa, que visa qualificar profissionais que já atuam na recepção dos clientes e visitantes, como motoristas de ônibus, cobradores de transporte coletivo, frentistas, agente de bordo do transporte turístico, atendentes de empresa de táxi, taxistas e locadoras de veículos. Esse é um programa específico voltado para as 12 subsedes do Mundial.

Conforme a coordenadora do Senat, Márcia Soares, o curso terá 120 horas de aula. Nele, o aluno vai aprender sobre direção defensiva, legislação de trânsito, mecânica, noções de primeiro socorros, inglês e espanhol instrumental, relacionamento interpessoal, ética profissional, informações turísticas, atendimento ao cliente e empreendedorismo.

O terceiro programa é o Taxista Nota 10, que busca preparar este profissional para a Copa. Ao contrário dos outros programas que são presenciais, neste os cursos serão a distância. São oferecidos cursos de Inglês, Espanhol e Gestão de Negócios.

Mais informações podem ser obtidas pelos telefones (92) 2123-4162/ 4164/ 4163/ 4150 e pelo site www.sestsenat.org.br.
    
Sine-Manaus: 68 oportunidades
Candidatos interessados numa colocação imediata devem procurar o Sine-Manaus, que hoje oferece 68 oportunidades de emprego.

Se preferirem, podem se habilitar a elas  através do site  http://maisemprego.mte.gov.br; clique na opção “Trabalhador”, e em seguida em “Vagas de Emprego” ao lado esquerdo superior da tela; entre com seu login (número do PIS) e senha, ou, se não possuir cadastro, clique na opção “Cadastrar Trabalhador”, logo abaixo.  Depois disso, é só ir ao Sine para pegar a Carta de Encaminhamento.

Semed
Estão abertas até o dia 4 de outubro as inscrições para 1.146 vagas para o concurso público da Secretaria Municipal de Educação (Semed), sendo 733 para a área administrativa e 413 para o magistério.  A remuneração varia de  R$ 1.029,15 a R$ 2.075.  Inscrições no site www.funcab.org.  Nível médio (R$ 50) e superior (R$ 70).
    
Inscrições
As inscrições podem ser feitas no Sest/Senat, na avenida Autaz-Mirim, 1.118, bairro Jorge Teixeira . Os programas Formação de Motoristas e Transporte na Copa têm como meta formar 1000 pessoas por ano até 2014 e o Taxista Nota 10 600 pessoas anualmente até o ano do Mundial.