Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Shopping onde garoto de 5 anos sofreu queda, em Manaus, dará imagens de segurança à polícia

O circuito interno do local registrou o momento em que o garoto de 5 anos caiu do 3º piso até o térreo, uma distância aproximada de 15 metros de altura. A polícia quer saber como exatamente aconteceu a queda

Inauguração do Shopping Ponta Negra

A criança teria sofrido a queda após se pendurar em uma das escadas rolantes (Clóvis Miranda)

Após requisição feita pela delegada Lucimar Felipe, da Polícia Civil do Amazonas, a administração do Shopping Ponta Negra, em Manaus, afirmou que concederá imagens do circuito interno de segurança do estabelecimento para ajudar nas investigações do caso do garoto de 5 anos, P.T.N., que caiu do 3º andar do centro de compras, na última segunda-feira (14).

A criança teria sofrido a queda, de aproximadamente 15 metros de altura, após se pendurar em uma das escadas rolantes do shopping. As imagens das câmeras registraram o momento que P.T.N. despencou do 3º piso. A requisição da delegada Lucimar Felipe, titular do 19º Distrito Integrado de Polícia (DIP), foi recebida nesta sexta-feira (18) pela administração do shopping.

“A direção do shopping esclarece que está providenciando o levantamento das imagens e atenderá o mais breve possível a solicitação da Delegacia. A empresa ressalta que todas as imagens registradas no circuito interno do shopping estão protegidas por sigilo, como determina a lei, e serão entregues somente à autoridade policial”, informa nota do Shopping Ponta Negra.

O garoto P.T.N. estava acompanhado da mãe no momento da queda e, atualmente, está hospitalizado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Pronto Socorro da Criança, o “Joãozinho”, na Zona Leste da capital, após passar por duas cirurgias. Com a queda, ele teve fraturas nos membros superiores e traumatismo cranioencefálico, e teve que passar por uma laparotomia exploradora - procedimento cirúrgico no abdômen.

Os pais da criança acidentada foram convocados a comparecer no 19º DIP para prestar depoimento. Segundo a equipe policial, a investigação ainda não tem viés criminal, e trabalha somente para esclarecer os fatos. O estado de saúde do menino P.T.N. é estável, porém grave. As informações de boletim médico estão sendo divulgadas pela Secretaria de Estado de Saúde (Susam).