Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Susam divulga estrutura especial de atendimento durante a Copa

Horários especiais de funcionamento, o seviço de Clínica do Viajante e planos de contingência para o período do Mundial fazem parte da estratégia do Governo para atender a população e turistas durante o torneio

A Clínica do Viajante, voltada ao atendimento dos turistas que chegarão à cidade durante os jogos, também deve se tornar um serviço permanente na FMT-HVD

A Clínica do Viajante, voltada ao atendimento dos turistas que chegarão à cidade durante os jogos, também deve se tornar um serviço permanente na FMT-HVD (Reprodução/Internet)

A Secretaria Estadual de Saúde (Susam) vai atuar com estrutura especial de atendimento, durante o período da Copa do Mundo de Futebol. Faz parte dessa estrutura o funcionamento da Clínica do Viajante, na Fundação de Medicina Tropical da Dr. Heitor Vieira Dourado (FMT-HVD), e a definição de planos de contingência, que poderão ser acionados pelas principais unidades de urgência e emergência da rede estadual de saúde, para responder, por exemplo, a situações de acidentes com múltiplas vítimas.

O secretário estadual de Saúde, Wilson Alecrim, explica que as ações fazem parte de um esforço para qualificar ainda mais o serviço prestado à população. "São medidas estratégicas e a maioria não tem apenas um caráter pontual, voltado somente para o período do evento. Foram ações planejadas para se integrar à rotina de atendimento da rede, principalmente na área de urgência e emergência", afirmou.

A própria Clínica do Viajante, voltada ao atendimento dos turistas que chegarão à cidade para os jogos do torneio internacional, deverá também tornar-se um serviço permanente na FMT-HVD. Durante a Copa (33 dias de evento), o serviço estará disponível das 7h às 19h, com profissionais bilíngues. "Além do atendimento médico para casos relacionados a doenças tropicais e infectoparasitárias, que é a área de atuação da FMT-HVD, a Clínica do Viajante tem como proposta atuar como um serviço de orientação, inclusive encaminhando os pacientes que, eventualmente, necessitem de atendimento em outras unidades de referência da rede", informa a diretora presidente da Fundação, Graça Alecrim. Para casos de urgência (como acidentes com animais peçonhentos), o Pronto Atendimento da FMT permanecerá funcionando 24 horas.

Rede de urgência

Formada por seis prontos-socorros (adultos e infantis) e 10 Serviços de Pronto Atendimento (SPA/UPAs), a rede de urgência e emergência da Susam funcionará normalmente nos dias de jogo, em regime de 24 horas. Um aspecto importante dos preparativos desta rede para o evento foi a adoção do modelo de acolhimento por classificação de risco, nos dois principais Prontos-Socorros da capital: o HPS Dr. João Lúcio, na zona Leste, e o HPS 28 de Agosto, na zona Sul. "A classificação de risco substitui o conceito de ordem de chegada e orienta de maneira mais eficiente o atendimento de urgência e emergência, priorizando os pacientes de maior gravidade", explica o secretário-adjunto de Atenção Especializada da Capital, Wagner William de Souza. Segundo ele, mais de 500 profissionais da rede foram treinados para implantação desse protocolo de atendimento.

Ele acrescenta que estas duas unidades, mais o Pronto-Socorro Platão Araújo, na zona Leste, e o Serviço de Pronto Atendimento da Alvorada - que fica nas imediações da Arena da Amazônia -, elaboraram planos de contingência que poderão ser executados na hipótese de uma demanda acima do normal, nesses serviços. "Esse tipo de plano prevê a imediata adequação de espaços internos para abertura de leitos extras, convocação de equipes de sobreaviso, remoção de pacientes para leitos de retaguarda, entre outras medidas emergenciais, no caso, por exemplo, de um acidente de grandes proporções, com múltiplas vítimas", explica o secretário-adjunto. A formulação do plano exigiu, inclusive, a adequação de espaços internos e a aquisição de equipamentos (como respiradores mecânicos, por exemplos) para essas unidades. "Além disso, hoje contamos com o suporte de mais 50 leitos de retaguarda, contratados pelo Governo do Estado, para dar suporte à demanda dos prontos-socorros. É importante destacar que as cidades-sede da Copa, em caso situações que ultrapassem sua capacidade de resposta,  também poderão contar com o apoio da Força Nacional do SUS, em termos de recursos humanos e equipamentos", ressalta.

Nos quatro dias dos jogos oficiais programados para Manaus, o atendimento nas principais portas de urgência da rede estadual contará com o apoio de acadêmicos voluntários bilíngues de cursos da área da Saúde. "Estamos firmando uma parceria com a Universidade Estadual do Amazonas para fechar essas equipes que atuarão exclusivamente auxiliando no acolhimento de eventuais pacientes estrangeiros que cheguem aos serviços de urgência", explica Wagner William. As unidades também foram orientadas a organizar as equipes de plantão com a preocupação de distribuir nas escalas de serviço, os profissionais (principalmente médicos e enfermeiros) com domínio de outros idiomas.

QBRNE

Wagner William salienta que, no processo de preparação para a Copa, profissionais da área urgência e emergência do Estado e do Município (prontos-socorros, bombeiros, Samu) passaram, em março deste ano, por treinamento sobre o manejo de pacientes em casos de acidentes envolvendo agentes químicos, radiológicos, biológicos e nucleares (QBRN). A capacitação foi promovida pela Força Nacional do SUS/Ministério da Saúde e Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Para fins desse protocolo de atendimento, ficou estabelecido que o HPS 28 de Agosto, que dispõe de um moderno centro de tratamento para queimados, e o Pronto Socorro da Criança da Zona Sul, que tem ala e equipe treinada para esse tipo de atendimento, são as unidades de referência nessa área. Com um setor de medicina nuclear, o Hospital Francisca Mendes é a referência para receber pacientes vitimas de acidente radioativo. No caso de vítimas de acidentes com agentes biológicos, a Fundação de Medicina Tropical é a referência, tendo, inclusive a possibilidade de abrir 20 leitos de retaguarda, nessas situações.

O secretário Wilson Alecrim frisa que, além dessas providências, algumas medidas de caráter estrutural vêm sendo adotadas desde o ano passado, para melhor organizar a rede de atendimento. Foi o caso da criação da Central de Regulação de Leitos e da recente parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de Manaus para a implantação do SAMU Regional - que ampliou a frota do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. "São medidas que, assim como a adoção do modelo de acolhimento por classificação de risco e a formulação de planos de contingência, passarão a fazer parte da rotina de atendimento", reforça Alecrim.

Prevenção e vigilância

A Susam e a Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) formaram um grupo estratégico que vem se reunindo regularmente e que, durante a Copa, funcionará como Comitê Integrado de Operações da Saúde (CIOCS). O Comitê reunirá técnicos do Estado e do Município, num grande trabalho de vigilância em saúde - nas áreas sanitária, epidemiológica e ambiental.

A estrutura fará o monitoramento das ações do setor, incluindo os serviços de atendimento (nas unidades de Atenção Básica, prontos-socorros e remoção de urgência, por exemplo); indicadores epidemiológicos (notificações de doenças); e vigilância sanitária e ambiental, consolidando e analisando dados relacionados ao evento. "São mais de 200 pessoas envolvidas nesse trabalho, do qual a Susam estará participando de forma integrada com a Semsa", explica o diretor-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS), Bernardino Albuquerque.

Para este trabalho de monitoramento, o CIOCS utilizará um software - o Epi.Info - e tablets disponibilizados pelo Ministério da Saúde, que permitirão colher informações em 25 pontos - incluindo unidades de saúde de urgência, como SPAs e Prontos-Socorros; e postos de atendimento montados nos eventos relacionados à Copa, como o Fifa Fan Fest. "O trabalho do Comitê é monitorar informações que possam orientar tomadas de decisões, inclusive de caráter emergencial, para o enfrentamento agravos e doenças", detalha Bernardino. O CIOCS funcionará em estrutura montada pela Semsa, no bairro do Parque 10. O funcionamento do Comitê já foi colocado em prática nos eventos-testes promovidos na Arena da Amazônia.

Bernardino ressalta que o CIOCS faz parte de uma série de medidas que vêm sendo executadas de forma integrada por Estado e Município, e que inclui ações preventivas, como foi o caso da ampliação da cobertura vacinal de grupos vulneráveis (taxistas, trabalhadores da área de turismo, profissionais do sexo, entre outros), e a intensificação da fiscalização de estabelecimentos como restaurantes, lanchonetes, bares, hotéis, para reduzir o risco de doenças transmitidas por alimentos impróprios, medidas de controle da qualidade da água, como forma de evitar a ocorrência de doenças diarreicas agudas, por exemplo. "Da mesma forma que atuamos na capital em parceria com a Semsa, reforçamos o apoio aos municípios do entorno de Manaus para que reforçassem suas áreas de vigilância sanitária. Treinamos equipes e repassamos, inclusive, veículos para auxiliar nas ações de campo", disse Bernardino.

Susam e Semsa também incrementaram a área de laboratórios, que receberam novos equipamentos e insumos para possível aumento de demanda relacionada a doenças, agravos e eventos de saúde pública de notificação compulsória. "O Laboratório Central (Lacen), por exemplo, fez a aquisição de um novo equipamento para reforçar a parte de análise de toxicologia. O investimento de R$ 1,2 milhão é importante, por exemplo, para identificação de agentes causadores de intoxicação alimentar, facilitando diagnósticos em casos de um eventual surto desse tipo de agravo", explica Bernardino.

Unidades que estarão funcionando 24h (para atendimento de urgência e emergência), durante o feriado:

Serviços de Pronto Atendimento (SPAs)

SPA Alvorada - Avenida Lóris Cordovil, s/n, Alvorada 1

SPA Coroado - Avenida Beira Mar, Nº 122, Coroado

SPA Zona Sul - Rua Bento José de Lima, Nº 33, Colônia Oliveira Machado

SPA Joventina Dias - Rua T-6, n.º 33, Compensa III

SPA Eliameme Mady (Zona Norte) - Av. Samaúma, s/n, Monte das Oliveiras

SPA São Raimundo - Praça Ismael Benigno, s/n - São Raimundo

SPA José Lins (Redenção) - Rua Maracanã, s/n – Redenção

SPA e Maternidade Antônio Aleixo - Al. Cosme Ferreira, km 14, Col. Antônio Aleixo

SPA Danilo Corrêa - av. Noel Nutels, s/n - Cidade Nova I

UPA Campos Salles - rua Campos Salles, s/n – Tarumã

Prontos-Socorros

Adultos

Pronto-Socorro 28 de Agosto - Rua Recife, Nº 1581, Adrianópolis

Pronto-Socorro Dr. João Lúcio Machado - Alameda Cosme Ferreira, s/n, Aleixo

Pronto-Socorro Platão Araújo - Avenida Autaz Mirim, s/n - Jorge Teixeira

Infantis

PS da Criança da Zona Sul - Rua Codajás, Nº 26, Cachoeirinha

PS da Criança da Zona Leste - Alameda Cosme Ferreira, s/n, Aleixo

PS da Criança da Zona Oeste - Av. Brasil, s/n, Compensa  I

Pronto-Socorro Platão Araújo - Av. Autaz-Mirim, s/n - Jorge Teixeira

Maternidades

Ana Braga - Alameda Cosme Ferreira, s/n - São José I

Balbina Mestrinho - Rua Duque de Caxias, s/n - Praça 14

Nazira Daou - Avenida Camapuã, 108, Q/316, Núcleo 9, Cidade Nova II

Azilda Marreiro - Avenida Samaúma, s/n, Monte das Oliveiras - Galiléia II

Alvorada - Rua 07, s/n - Alvorada I

SPA e Maternidade Antônio Aleixo - Al. Cosme Ferreira, km 14, Col. Antônio Aleixo

Instituto da Mulher Dona Lindu - Av. Mário Ipiranga Monteiro, 1581, Adrianópolis

* Com informações da assessoria de comunicação da Secretaria de Estado de Saúde.