Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Mulher atira contra criança de dois anos e em avô no bairro Monte das Oliveiras, em Manaus

A suspeita, que estava em liberdade provisória e respondia pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico, disse que atirou sem querer contra os dois

Suspeita foi encaminhada à Cadeia Pública

Suspeita foi encaminhada à Cadeia Pública (Arquivo A Crítica)

Um criança de dois anos está em estado grave na Unidade de Terapia Intesiva do Hospital Joãozinho SPA da Criança, na Zona Leste de Manaus, depois de ter sido atingida no abdômen e na região cervical por disparos de arma de fogo efetuados por uma mulher na rua Cortiça, bairro Monte das Oliveiras, Zona Norte da cidade.

A suspeita do crime, Jhuliana Santos da Costa, 23, foi presa na noite desta segunda-feira (21) por policiais da 26ª Companhia Interativa Comunitária, na referida via, depois ter atirado contra a criança e o avô dela, que foi encaminhado com uma fratura na coxa ao Serviço de Pronto Atendimento (SPA) Enfermeira Eliameme Rodrigues Mady, localizada no conjunto Galileia.

Jhuliana foi conduzida pelos policiais ao 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde confessou ter efetuado os disparos, mas explicou que seu real objetivo era matar Pâmela Negreiros da Silva, que saiu ilesa. Segundo a polícia, a Jhuliana, residente na rua Preciosa, Monte das Oliveiras, chegou em casa na noite de segunda (21) sob o efeito de álcool e drogas, o que pode tê-la levado a errar os tiros.

Jhuliana já tem passagem pelo sistema prisional, tendo sido presa em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico no dia 26 de dezembro do ano passado. Ela responde a processo por tais crimes na 3ª Vara Especializada em Crimes de Uso e Tráfico de Entorpecentes (Vecute), porém teve liberdade provisória concedida em 28/03/2014.

Os motivos para a atitude da suspeita ainda não foram esclarecidos e nem revelados pela assessoria de imprensa da Polícia Civil. Ela foi autuada em flagrante por lesão corporal e foi encaminhada à Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, onde ficará à disposição da Justiça.