Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Suspeitos de tentativa de furto a joalheria são presos no Centro

Quatro homens tentaram furtar a joalheria Ouro do Brasil, na rua Henrique Martins, não conseguindo graças à ação policial

Suspeitos quebraram duas portas da joalheria e tentavam arrombar o cofre quando os policiais chegaram

Suspeitos quebraram duas portas da joalheria e tentavam arrombar o cofre quando os policiais chegaram (Luiz Vasconcelos)

Quatro homens foram presos na madrugada deste sábado (5), suspeitos de tentar furtar uma joalheria no Centro da cidade. Andson Silva de Oliveira, Alexandre Ribeiro Marinho, Gilvandro Pereira de Oliveira e Manoel Lopes do Nascimento tentavam subtrair joias da Ouro do Brasil, localizada na rua Henrique Martins, quando foram impedidos pelos policiais da 24ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom).

Os policiais faziam patrulha pela rua Joaquim Nabuco quando um homem não identificado lhes abordou e informou que homens estavam tentando invadir a referida joalheria. Quando chegaram ao local e notaram a ação criminosa, os policiais se aproximaram lentamente e viram Alexandre sozinho do lado de fora, segurando um celular.

Quando deram voz de prisão a Alexandre e apreenderam o seu celular, viram que ele ligava constantemente para Gilvandro, e constataram que ele servia de olheiro para a ação do grupo. Entraram, então, na joalheria, que teve a porta de frente arrombada e uma segunda porta, de vidro, quebrada, e flagraram Andson, Gilvandro e Manoel tentando violar o cofre do local. Com eles, foi encontrada uma sacola com um alicate de pressão, uma barra de ferro e uma chave de fenda.

Os policiais conduziram os suspeitos ao 1º Distrito Integrado de Polícia, onde foram autuados por tentativa de furto qualificado. Além disso, Gilvandro também responderá por falsificação de documento público, pois trazia consigo uma carteira de identificação adulterada, que dava seu nome como sendo Nildo Cristiano do Carmo da Cruz. Os quatro serão encaminhados para a Cadeia Pública, localizada na avenida Sete de Setembro, por volta das 15hrs de hoje.

*com informações do repórter Florêncio Mesquita