Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Taxistas têm aula prática de inglês e espanhol com estrangeiros em pontos turísticos de Manaus

A aula prática faz parte da preparação deles para atender turistas estrangeiros durante a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014 em Manaus

Os taxistas conversaram e esclareceram dúvida de estrangeiros em pontos turísticos da cidade

Os taxistas conversaram e esclareceram dúvidas de estrangeiros em pontos turísticos da cidade (Divulgação)

Os duzentos taxistas de Manaus que estão fazendo os cursos básicos de Inglês e Espanhol, por meio da secretaria Municipal de Trabalho, Emprego e Desenvolvimento (Semtrad), estão saindo das salas de aula para aplicar o conhecimento nas ruas da capital. O objetivo é preparar esses profissionais para atender os turistas que vierem à Manaus durante a Copa do Mundo FIFA Brasil em junho de 2014.

No último domingo (8), os alunos colocaram em prática uma nova metodologia, indo a pontos de grande visitação pública da cidade como Mercado Adolpho Lisboa, o Largo de São Sebastião, o Teatro Amazonas e a Praia da Ponta Negra, para manter conversação direta com os turistas. Segundo a Semtrad, alguns dos taxistas chegaram a esclarecer dúvidas dos turistas sobre a cidade de Manaus.


“A experiência foi bastante construtiva. Aprendemos um pouco da história desses pontos turísticos. Estamos ampliando o nosso conhecimento e com certeza isso vai melhorar o nosso desempenho profissional no atendimento às pessoas que vêm de fora”, explica Claudemar de Oliveira Gomes, 50, um dos beneficiados do programa, com quase 20 anos de atuação da praça.

A coordenadora Renata Correa, que também é professora de idiomas do Instituto de Desenvolvimento Pesquisa e Cultura do Amazonas (Depecam), auxiliou os taxistas no diálogo com os estrangeiros durante passeio a logradouros importantes de Manaus. O primeiro diálogo se deu com um grupo de coreanos que fotografava o Mercadão histórico, localizado na rua dos Barés, Centro.

“Todos tão tendo uma oportunidade para conduzirem da melhor maneira possível os passageiros de outras nacionalidades com conhecimento básico em inglês e espanhol, que servirá não só para o período da Copa do Mundo”, ressaltou a coordenadora Renata.

*Com informações da assessoria de imprensa