Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Usuário de drogas é preso após tentar matar mãe idosa com terçado na Zona Leste de Manaus

O suspeito chegou em casa visivelmente drogado e disse que iria matá-la. Todos correram e a mãe se trancou no quarto. O homem, furioso, tentou arrombar a porta, mas os parentes acionaram a polícia

Mulheres da Região Norte são as que mais denunciam os agressores. Dezoito por cento delas foram a uma Delegacia da Mulher e 27,3% a uma delegacia comum

Na delegacia, nenhum familiar quis pagar fiança e o homem foi levado para a cadeia pública (Bruno Kelly)

Um homem de 34 anos foi preso após tentar matar a mãe dele com um terçado, na tarde de terça-feira (8), no bairro Armando Mendes, na Zona Leste de Manaus. À polícia, a idosa disse que o filho é usuário de drogas há cinco anos e que sempre foi muito violento, mas que nunca tinha agredido ninguém da família e nem feito ameaças.

O crime aconteceu na rua O, bairro Armando Mendes. A mãe disse em depoimento na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher (DECCM) que estava em casa com outros familiares quando o filho chegou, vindo da rua, visivelmente drogado e bastante alterado. O rapaz começou a discutir com todos da casa e pegou um terçado no quintal.

O suspeito, conforme a idosa, empunhado com o terçado disse que ia matá-la. Nesse momento, todos correram e a mãe se escondeu em um quarto e se trancou. O homem, furioso, tentava arrombar a porta do quarto, quando os parentes acionaram a polícia, que chegou rapidamente e impediu a consumação do crime.

Os policiais militares da 25ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) chegaram na casa e ainda foram ameaçados pelo homem, que estava com o terçado nas mãos. Os PMs tiveram trabalho para contê-lo e, depois, o conduziram a Delegacia da Mulher (DECCM).

Segundo informações da assessoria de comunicação da Polícia Civil, foi estipulado à família o pagamento de fiança no valor de R$ 734 para liberar o suspeito. Como os familiares disseram que não pagariam nada, o homem, após ser autuado pelo crime de tentativa de homicídio, foi levado para a Cadeia Pública Raimundo Vidal Pessoa, no Centro.