Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Usuários de embarcações reclamam do aumento do preço das passagens no fim de ano

No Porto do São Raimundo, por exemplo, os preços das passagens de barco variam entre R$ 200 a R$ 300 reais e as viagens chegam a durar quatro dias


Em vários portos, o aumento do preço da passagem nesta época do ano é sentido no bolso do amazonense

Em vários portos, o aumento do preço da passagem nesta época do ano é sentido no bolso do amazonense (Daniel Cortez/Freelancer)

Com a proximidade das festas de fim de ano é grande a procura por passagens de barco com destinos a outros municípios do Amazonas. Entre os mais procurados estão os trechos que chegam a Barcelos, Santa Isabel do Rio Negro e São Gabriel da Cachoeira, porém problemas como o aumento do preço da passagem e grande lotação de passageiros são reclamações freqüentes entre os usuários.

Entre as opções de passeio estão os barcos “recreio” e a lancha expresso. No Porto do São Raimundo, por exemplo, os preços das passagens de barco variam entre R$ 200 a R$ 300 reais e as viagens chegam a durar quatro dias. Já as lanchas expresso apresentam os preços mais caros, oscilando entre R$ 180 a R$ 360 reais.

O estudante Charlicsom Pontes, morador de Manaus, teve que se antecipar para garantir um assento e conseguir rever a família no município de Santa Isabel do Rio Negro (a 737 quilômetros de Manaus por via fluvial).

Eu sei que nesse período é grande a procura por passagem, por isso eu comprei logo, consegui uma vaga. Vai apertado, mas é o jeito. Vou passar o Natal e Ano Novo com a minha família e amigos, não vejo a hora de chegar”, afirmou.

Segundo informações dos donos de embarcação, a venda nesse período aumenta mais de 50%. Para atender a grande demanda, alguns proprietários estão criando viagens extras para atender os clientes, o que acaba refletindo no preço das passagens.

A dona de casa Luciana Moura, 38, que também pretende visitar parentes em Santa Isabel do Rio Negro, reclamou do valor da passagem de barco que, de acordo com ela, chega a ser o mesmo preço de um bilhete de avião.

“Está um absurdo esses preços! E mais: eles aumentam as passagens, mas não melhoram o serviço. Deveríamos ter comprado a de avião, assim não teríamos que pagar esse valor absurdo”, lamentou.