Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Quatro suspeitos de tráfico de drogas, entre eles um adolescente, são presos em conjunto habitacional na Zona Norte

A prisão aconteceu, na tarde de terça-feira, quando o grupo foi surpreendido em um conjunto habitacional, na Avenida da Conquista, bairro Lago Azul


As denúncias informavam “que dentro de um conjunto habitacional um grupo de homens usava uma barraca para vender entorpecentes”

As denúncias informavam “que dentro de um conjunto habitacional um grupo de homens usava uma barraca para vender entorpecentes” (Divulgação)

Três homens foram presos e um adolescente apreendido suspeitos de usar uma barraca para vender droga. A prisão aconteceu, na tarde desta terça-feira (2), quando o grupo foi surpreendido em um conjunto habitacional, na Avenida da Conquista, bairro Lago Azul, na Zona Norte de Manaus.

A detenção é resultado de duas semanas de investigações. Os adultos foram encaminhados à Cadeia Pública Desembargador Raimundo Vidal Pessoa, no Centro de Manaus, e o jovem foi levado à Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai).

Segundo o delegado titular do 26º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Walter Cabral, as denúncias informavam “que dentro de um conjunto habitacional um grupo de homens usava uma barraca para vender entorpecentes”, disse. Os policiais ficaram de campana vários dias.

Com João Augusto Soares dos Santos, 49, Leonardo Antony de Souza Santos, 19, e Tom Santos da Paz, 19, e o adolescente de 17 anos, foram encontrados 121 trouxinhas de entorpecentes que aparentavam ser crack, maconha e pasta base de cocaína, além da quantia de R$ 107 em espécie.


O delegado Walter informou ainda que Tom foi preso em março deste ano enquanto comercializava entorpecente. No entanto, ele foi liberado pela Justiça, em menos de 30 dias, e aguardava pelo julgamento em liberdade.

O trio foi preso em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e associação para o tráfico no 26º DIP. Os três também devem responder por corrupção de menores, já que foi confirmado pela polícia a participação do adolescente na venda de drogas.

De acordo com a Polícia Civil, as investigações seguem no conjunto habitacional para identificar mais envolvidos com tráfico na região. Em março deste ano, quatro pessoas foram presas no mesmo conjunto na operação “Ovelha Negra” da Polícia Civil.