Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Por ciúmes, dançarino é morto com três facadas na Zona Leste

Frank William de Souza Fernandes, de 21 anos, levou três golpes no tórax de "colega" e não resistiu. O assassino e a vítima faziam parte do grupo "Swing do Guetto" e estavam supostamente bêbados na hora do crime

O dançarino de swing Frank William de Souza Fernandes, 21, foi morto com três facadas no tórax na manhã deste sábado (15), por volta das 7h, por um jovem identificado como Erick, que era colega e havia discutido com vítima durante uma festa ocorrida na madrugada de sexta para sábado, em uma casa na rua São Paulo, comunidade Cidade Alta, bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste.

Os dois faziam parte do grupo de dança “Swing do Guetto” e brigaram por volta das 3h por ciúmes da namorada de Frank, uma moça identificada apenas como Islei, 27 anos. “Eles estavam todos bêbados. O Erick estava dançando com a Islei. O Frank não gostou e eles discutiram. O Erick deu cinco murros no Frank, que não fez nada. Foi por causa dessa primeira briga”, disse um colega da vítima, que não quis se identificar.

Frank teria ido para a cama antes do fim da festa e pediu para a namorada encerrar a reunião. Por volta das 7h, quando todos já se preparavam para dormir e Erick voltou à casa e os surpreendeu batendo à porta. “O Frank estava deitado no chão com a namorada, a Islei. No quarto ainda tinha os dois filhos da Islei, pequenos, e a minha irmã, a Gleiciane, que abriu a porta”, disse o colega do dançarino.

Gleiciane tentou proteger Frank e foi golpeada com a faca na região da bacia. Em seguida, Erick conseguiu invadir o quarto e desferiu três facadas no peito de Frank.

Todos foram levados para o Hospital e Pronto Socorro João Lúcio, mas Frank não resistiu e morreu. Gleiciane recebeu alta e está bem. “As pessoas disseram que ele (Erick) era ex-namorado da menina (Islei) e tinha inveja do Frank”, revelou o tio da vítima, José Arimateia, 36.

“O Frank tinha ido ao banheiro e o cara (Erick) foi perguntar se ele (vítima) tinha ficado com raiva. Aí meu sobrinho disse que não e a festa continuou. Aí de manhã esse homem fez isso”, disse Arimateia. O velório de Frank aconteceu na rua Felismino Soares, conjunto Ouro Verde, bairro Coroado, Zona Leste, próximo ao local onde Frank morava com a família.

A morte do dançarino está sendo investigada pela Delegacia de Homicídios e Sequestros (Dehs).