Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Ponto de venda de droga é desativado por policiais no Prosamim Mestre Chico

Foram encontrados mais de 200 trouxinhas de maconha, balança de precisão, facas, rádios comunicadores e dinheiro em espécie. Somente um dos suspeitos confirmou que comercializava droga

No Prosamim do Mestre Chico, na Cachoeirinha, toldos e garagens são modificações mais frequentes no residencial; o verde do gramado também é alterado por sacos de areia e entulho de construção

Prosamim do Mestre Chico, na Cachoeirinha (Erica Melo)

Um ponto de venda de droga instalado no Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim) Mestre Chico, no bairro Centro, Zona Sul de Manaus, foi desativado na madrugada desta terça-feira (6). Policiais Militares (PMs) da Força Tática patrulhavam a área do conjunto habitacional quando avistaram Adriano Soares Marinho, 27, que se mostrou nervoso com a presença do policiamento.

Ao suspeitarem da atitute, os PMs resolveram abordar Adriano e encontraram quatro trouxinhas de maconha e R$ 12 em espéci. Quando perguntado se era traficante, ele apenas disse que levaria os policiais ao seu apartamento, localizado na rua Santa Isabel, no referido conjunto.

No apartamento, estavam Ítalo Ribeiro da Silva, 22, e Leivan Rosa, 23. Após revista, foram encontradas outras 217 trouxinhas de maconha, assim como dez porções da mesma substância e um tablete médio de características similares.

Além disso, os policiais acharam, ainda, uma balança de alta precisão, duas facas, dois rádios comunicadores, quatro celulares sem nota fiscal e mais R$ 73 em espécie.

Ítalo confirmou que comerciava a droga, mas os outros dois permaneceram em silêncio. Eles foram encaminhados ao 1º Distrito Integrado de Polícia (DIP), onde foram autuados por tráfico de drogas e associação para o tráfico, sendo posteriormente encaminhados à Cadeia Pública, por volta das 9h desta manhã.

Drogas no Prosamim

Não é a primeira vez que a polícia registra atividades de tráfico em áreas do Prosamim. No dia 30 de abril deste ano, Dilmara de Carvalho e Souza, 25, vulgo “Mara”, foi presa suspeita de realizar tráfico em um Prosamim do Centro. Ela foi encontrada com um quilo de pasta-base de cocaína.

Já no último dia 27 de fevereiro, o próprio Prosamim Mestre Chico foi cenário da "Operação Centro Seguro 5", que visou combater o tráfico de drogas doméstico na área.

Na ocasião, a delegada titular da Seccional Sul, Márcia Araújo, afirmou que "a atuação do tráfico na área é forte, inclusive com a corrupção de menores de idade que atuavam na venda desses entorpecentes. Algumas prisões já foram realizadas anteriormente, com apreensão de grandes quantidades de drogas e isso enfraqueceu a movimentação da comercial ilegal no local”.

A operação prendeu Álvaro Maia Sarmento, 39, proprietário de um mercadinho que leva seu nome, após trouxinhas de entorpecentes serem encontradas no balcão onde eram comercializadas as verduras, assim como uma arma de fogo, que estava no quarto do suspeito. Ele disse ser apenas usuário, mas a Polícia informou na época que o suspeito aproveitava a movimentação de consumidores no mercadinho para vender os entorpecentes disfarçadamente. Além dele, Ronaldo Martins Souza, 32, foi preso no Prosamim Mestre Chico com 30 porções de cocaína em pó.

Antes disso, em 18 de janeiro de 2014, a Polícia prendeu Flávio Caetano Ferreira de Souza, 26, Roberto Paz de Oliveira, 45, Bruna Taiane Guedes de Lima e José Augusto de Alostine dos Santos, 23, suspeitos de serem chefes das bocas de fumo existentes no Parque Residencial Manaus, também do Prosamim do Centro. Com eles a polícia apreendeu 40 trouxinhas de oxi e quatro porções de pasta base de cocaína.