Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Após discussão com comparsas, homem é achado morto dentro de fusca na Zona Leste

Segundo a polícia, discussão entre grupo pela renda de assalto a mercadinho pode ter motivado o crime. Suspeitos fugiram e caso será investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS)

Homem foi baleado no rosto e corpo foi encontrado dentro de fusca na Zona Leste

Homem foi baleado no rosto e corpo foi encontrado dentro de fusca na Zona Leste (Oswaldo Neto)

Um homem não identificado foi achado morto dentro de um fusca na tarde desta quarta-feira (30) na rua Malvarisco, localizada no bairro João Paulo, Zona Leste de Manaus. Segundo a polícia, o crime pode ter ocorrido devido a uma discussão entre a vítima, que aparenta ter de 17 a 20 anos, e outros dois comparsas após terem assaltado um mercadinho no bairro Jorge Teixeira.

Segundo os policiais da 30ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom), o crime aconteceu por volta das 17h, entretanto, o caso começou na rua 3, bairro Jorge Teixera 4ª Etapa, quando os três homens entraram em um mercadinho e anunciaram um assalto. De acordo com a polícia, dois deles estavam armados com revólveres.

Na ocasião, os assaltantes inibiram os clientes e levaram do estabelecimento cerca de R$ 200 e celulares das vítimas. Na fuga, os homens roubaram um fusca de cor cinza, de placas JWG-5835, que também pertencia a um cliente e estava estacionado em frente ao mercadinho. De acordo com a polícia, quando o grupo chegou nas proximidades da rua Malvarisco, os policiais acreditam que os bandidos armados atiraram contra o terceiro, que veio a óbito no local com um tiro na cabeça, abaixo do olho esquerdo.

Após cometerem o crime, os suspeitos abandonaram o veículo em frente a uma residência e fugiram com dois mototaxistas, que ainda não foram identificados. Segundo o proprietário da casa que não quis se identificar, ninguém ouviu escutou disparos na rua.

“Só conseguimos ouvir o barulho da freada do fusca. Corremos para ver o que era e vimos que o homem estava lá dentro e chamamos a polícia”, disse o homem.

Outra moradora, que também preferiu não se identificar, contou que os assassinos ainda chegaram a anunciar que deixariam o fusca no local. “Eles falaram ‘tia, vamos deixar esse fusquinha aqui, tá?’, e saíram. Uma estudante que passou por eles na hora contou que eles estavam reclamando que ‘deveriam ter roubado outro carro ao invés do fusca’", afirmou.

Segundo o delegado titular do 30º Distrito Integrado de Polícia (DIP), Ivo Martins, o crime tem características de um acerto de contas. “Ainda estamos levantando as informações, mas tudo leva a crer que foi um acerto de contas entre eles. A população disse que não ouviu nenhum tiro, então é possível que ele já estivesse morto quando foi abandonado dentro do carro”, explicou o delegado.

O delegado afirmou ainda que o caso será encaminhado para a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), juntamente com imagens das câmeras de segurança do estabelecimento comercial, que devem ajudar na identificação dos suspeitos.