Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Em família: mulher mata ex-cunhado depois de tentativa de estupro na Zona Norte

Homem tentou estuprar ex-cunhada e acabou morto com sete facadas depois de empreender luta corporal com a mesma

O IML foi até o local removeu o corpo

Adauto estava separado da irmã de Hélida há seis meses (Perla Soares)

Um conto de sangue teve lugar na rua Artemísia (antiga São Paulo), bairro Novo Israel, Zona Norte de Manaus: Adauto Bento da Silva Filho, 31, rumou para a casa de sua ex-cunhada, Hélida Gonçalves dos Santos, 29, localizada na citada rua por volta das 5h deste domingo (29).

De acordo com a Polícia, uma vez lá, Adauto pulou o muro, invadiu a casa e partiu para cima da ex-cunhada com uma faca, com a intenção de estuprá-la. Ele tava encapuzado, mas ela conseguiu puxar o capuz e o reconhecer.

O marido da mulher, Carlos Reis Cardoso, 31, que trabalha como vigilante, chegou do serviço bem na hora e tentou separar os dois, mas Adauto esfaqueou-o na costela. Hélida aproveitou o momento para se desvencilhar e se armar também com uma faca. Ela desferiu seis golpes nas costas e um no braço de Adauto, que foi a óbito no local.

O casal foi ao 18º Distrito Integrado de Polícia (DIP) para relatar o ocorrido. Policiais da 18ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) foram, então, à casa de Hélida e constataram os indícios de veracidade do relato do casal. Adauto foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) e Carlos foi levado para tratamento em um hospital da rede pública.

Por ter se apresentado espontaneamente após os fatos e pela situação apresentar indícios de legítima defesa, Hélida responderá pelo crime de homicídio em liberdade.

*com informações da repórter Perla Soares