Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Calçadas danificadas causam transtornos no Centro de Manaus

Retiradas dos camelôs deixou à mostra outro perigo ao transitar pelas calçadas da avenida Eduardo Ribeiro, localizada no Centro de Manaus, os buracos e desgastes. Tropeções, tombos e machucados são os problemas encontrados pelo caminho

Vários pedestres já tropeçaram, caíram e até se machucaram por conta dos buracos e rachaduras nas calçadas da avenida de grande movimento no Centro

Vários pedestres já tropeçaram, caíram e até se machucaram por conta dos buracos e rachaduras nas calçadas da avenida de grande movimento no Centro (Euzivaldo Queiroz)

Os buracos e ondulações nas calçadas têm sido uma das principais reclamações das pessoas que circulam a pé pela avenida Eduardo Ribeiro, no Centro. O local, onde até pouco tempo era intransitável por conta das inúmeras bancas de camelôs, agora se tornou palco de diversos acidentes em decorrência das condições de suas calçadas.

A vendedora Cláudia Maria Pinto, 39, conta é comum ver pessoas escorregando e até mesmo caindo nas calçadas por culpa da falta de manutenção.

Cláudia Maria lembrou que, ainda na última semana, presenciou uma idosa cair e machucar o joelho, depois que sua sandália prendeu em uma abertura na calçada. “Ela foi amparada por duas pessoas que estavam com ela, mas situações como essa acontecem todos os dias, principalmente com idosos”, comentou.

Ainda segundo a vendedora, o pior trecho para transitar sobre as calçadas da avenida são as áreas montadas com pedra iloés, que desgastaram devido o tempo e estão escorregadias.

A secretaria Vilma Maria Teixeira, 41, comentou que, se antes a dificuldade de caminhar era devido à grande quantidade de camelôs que ocupavam as calçadas, agora o problema dos pedestres são os buracos.

O policial militar aposentado Gilberto de Oliveira, 60, que há dois meses está morando em Manaus fazendo tratamento médico, contou que tem sentido bastante dificuldade em andar não só pelo Centro, mas em qualquer calçada da cidade. “Estou cansado de tropeçar porque a muleta engata nos buracos das calçadas”, acrescenta Gilberto.

De acordo com o aposentado, para tentar evitar acidentes, sempre que pode, caminha segurando nas paredes.

Melhorias

A Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf) informou, por meio de nota, que está executando melhorias nas calçadas da avenida Eduardo Ribeiro e, nos próximos dias, executará serviços na 7 de Setembro. Ainda conforme a Seminf, o serviço deve ser concluído antes da Copa, porém, o trecho onde as calçadas são de pedra de iloés dependem também de aprovação do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) porque são tombados.

O Instituto Municipal de Ordem Social e Planejamento Urbano (Implurb) informou que o projeto de revitalização das calçadas da Eduardo Ribeiro está sendo elaborado, para depois seguir à aprovação do Iphan.