Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Camelôs comemoram bom movimento na nova Galeria Espírito Santo em Manaus

Ao contrário do que temiam os camelôs transferidos das ruas do Centro, clientes vão ao novo espaço, desde a inauguração no dia 1º de agosto, para comprar os produtos

Novo espaço criado para os camelõs vem recebendo clientes desde a inauguração, no último dia 1, e é elogiado pelos vendedores que deixaram as ruas

Novo espaço criado para os camelõs vem recebendo clientes desde a inauguração, no último dia 1, e é elogiado pelos vendedores que deixaram as ruas (Luiz Vasconcelos)

O movimento da Galeria Espírito Santo, localizada na esquina das ruas Joaquim Sarmento e 24 de Maio, bairro Centro, que foi inaugurado na última sexta-feira, 1, tem agradado os 323 camelôs transferidos para o local. A galeria é a primeira inaugurada dos três shoppings populares prometidos pela Prefeitura de Manaus para abrigas os camelôs do Centro.

Segundo a vendedora Gilce Helena Lima, que ainda está organizando as mercadorias, o movimento no primeiro fim de semana de funcionamento do camelódromo deixou todos muito felizes, pois nem mesmo a bagunça espantou os clientes.

Ainda segundo Gilce Helena o movimento fez com que os vendedores faturassem praticamente os mesmos valores de quando trabalhavam na rua. “Quem trabalhou conseguiu ter um bom lucro e só não foi melhor porque estamos nos organizando e muitas mercadorias ainda estão nas caixas”, disse a vendedora.

Segunda

Se a princípio os camelôs acharam que as boas vendas foram motivadas pela curiosidade das pessoas, ontem todos estavam contentes, pois em plena segunda-feira muitos clientes estiveram na galeria para conferir as novidades. A aposentada Virginia dos Santos Santarosa, 61, conta que foi até o local a procura de uma bolsa e acabou comprando também uma capa para o celular. “Ter todos os camelôs no mesmo lugar facilita, pois às vezes preciso de algo e não quero ir em dois lugares diferente e aqui tudo está organizado”, acrescentou Virginia.

Para Marcos Costa de Meireles, 44, que há 34 anos trabalha com conserto de relógios, a melhor coisa do retorno ao trabalho foi reencontrar os antigos clientes que se afastaram durante os meses em que tabalhavam numa galeria provisória. “Nesse local, tudo estava desorganizado, os camelôs estavam esquecidos, mas agora esperamos que as coisas melhorem e esse seja um novo momento para todos”, disse.

Marcos afirmou esperar deixar no passado os momentos ruins em que precisou enfrentar na rua onde os camelôs eram marginalizados e obrigados a pegar sol e chuva.

As obras das outras duas galerias continuam em andamento. A Galeria dos Remédios, localizada na rua Miranda Leão, Centro, terá uma área construída de 5.170 metros quadrados e vai disponibilizar 361 espaços comerciais além de serviços públicos e o Shopping T4, que está sendo erguido na avenida Camapuã, bairro Jorge Teixeira, Zona Leste terá 12.118,21 metros quadrados de área construída e vai disponibilizar 761 espaços comerciais.