Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Caminhoneiros ignoram nova medida ao tráfego de veículos pesados em avenida de Manaus

A proibição do tráfego de carretas e caminhões acima de 8 e 16 toneladas tem horários diferenciados para circulação na avenida Constantino Nery, porém motoristas desrespeitam a restrição, mesmo na presença de agentes do Manaustrans

Caminhoneiro ignora sinalização e trafega normalmente pela Constantino Nery

Caminhoneiro ignora sinalização e trafega normalmente pela Constantino Nery (Euzivaldo Queiroz)

Os veículos pesados continuarão trafegando normalmente na avenida Constantino Nery, na Zona Centro-Sul, apesar das placas de sinalização indicarem os horários e pesos permitidos para o tráfego deles. Os caminhões com cargas pesados passaram a ter restrições na avenida nesta segunda-feira (07).

A proibição do tráfego de carretas e caminhões acima de oito e dezesseis toneladas tem horários diferenciados para circulação na avenida, porém continua sendo ignorada por condutores que entregam mercadorias na área. Mesmo com a presença de agentes do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans) e da possibilidade de multa de R$ 85,13, além de quatro pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH), os flagrantes de condutores que cometem a irregularidade são constantes.

O motorista de uma empresa de bebidas que não quis se identificar, pego em flagrante cometendo a irregularidade, disse que não sabia da proibição. “Eu não fui avisado na empresa que não podia trafegar nesse horário, e também não li a placa porque não dá tempo de ler e dirigir ao mesmo tempo”, justificou-se.

Outro motorista, que estava com o caminhão descarregando mercadorias na avenida, ao ser questionado reconheceu que estava errado. “Eu sei que não posso estacionar assim, mas não tem vaga, esse é o horário que trabalho, não posso mudar”, disse o motorista.

De acordo com o Manaustrans, a portaria estabeleceu dois horários para circulação de veículos pesados na Constantino Nery. O período de máxima restrição será de 6h às 9h e das 17h às 20h, quando só será permitida a circulação de veículos com até 8 toneladas de peso bruto total. O período de média restrição será entre 9h e 17h, quando será permitida a circulação de veículos de até 16 toneladas de peso bruto total. O mesmo tipo de restrição deverá passar a valer em outras avenidas ainda neste ano.

Orientação é intensificada

A orientação na avenida também deveria ser intensificada nesta segunda-feira para impedir que caminhões e carretas trafeguem nos horários restritos. Porém no horário de 8h às 11h30 não foi visto ao longo da avenida Constantino Nery nenhum agente do Manaustrans. O único agente trabalhando na avenida ontem, Rosildo Trindade disse que não estava fiscalizando porque ainda não tinha sido informado pelo Manaustrans que começaria qualquer ação de punição.

A medida passou a valer após a colisão entre um micro-ônibus e um caminhão, que ocorreu às 19h40 do dia 28 e causou a morte de 15 pessoas. O acidente foi na Avenida Djalma Batista.