Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Empresários de vários setores começam a computar os lucros da Copa em Manaus

A expectativa em relação aos efeitos positivos do Mundial na economia da capital amazonense, para alguns segmentos específicos o impacto dos jogos foi nulo

Cerca de 30 mil pessoas torceram pela Seleção Brasileira no jogo contra Camarões e fizeram a festa na Ponta Negra

A Fifa continuará mobilizando o espaço da Ponta Negra para o Fan Fest (Márcio Silva)

O jogo entre Honduras e Suíça, ontem, na Arena da Amazônia, encerrou a participação de Manaus nos jogos da Copa do Mundo 2014. Mas apesar da grande expectativa em relação aos efeitos positivos do Mundial na economia da capital amazonense, para alguns segmentos específicos o impacto dos jogos foi nulo e, em alguns casos, chegou até mesmo a causar queda de faturamento.

O segmento de bares e restaurantes, por exemplo, que sustentava expectativa de crescimento antes do início do evento esportivo, verificou apenas crescimentos pontuais de alguns estabelecimentos. Para o setor, de forma geral, o período dos jogos deve resultar em perda de 10% no volume de vendas. Este índice de retração pode ser ainda maior quando computado o resultado final do mês de junho.

Para o setor do comércio o movimento também não agradou. Apesar de registrar vendas acima da média no início do evento, com crescimento de até 20% em lojas que comercializaram camisas da seleção e fim dos estoques de lojas que venderam acessórios para o jogos, logo depois, as vendas esfriaram. Após registrar 1% de aumento na semana entre os dias 9 e 14 de junho, o setor recuou 3% na segunda semana de copa (entre os dias 16 e 21 de junho). De acordo com a CDL-Manaus junho pode terminar com queda em relação ao ano passado.