Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Escola vira abrigo e deixa mais de 1,2 mil alunos sem aula

Cerca de 31 famílias estão abrigadas na escola municipal Aristóteles Comte de Alencar, no bairro Armando Mendes, Zona Leste, devido a forte chuva que Manaus enfrentou

Enquanto as aulas estão suspensas, Natália observa crianças de escola ao lado

Enquanto as aulas estão suspensas, Natália observa crianças de escola ao lado (Bruno Kelly)

Mais de 1,2 mil alunos da escola municipal Aristóteles Comte de Alencar, no bairro Armando Mendes, Zona Leste, estão fora da sala de aula por causa da forte chuva registrada em Manaus na sexta-feira passada. As aulas ficarão suspensas até que 31 famílias da Comunidade da Sharp, abrigadas na escola, sejam encaminhadas para novas moradias.

Segundo a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Semasdh), 80 pessoas da comunidade estão abrigadas na escola. Desde sábado passado elas foram encaminhadas pelo órgão para o local, após serem orientadas pela Defesa Civil do Município a deixarem as casas localizadas em área de risco.

Enquanto a mãe conversava com uma vizinha que está abrigada na escola, Natália Fonseca, 11, aluna do 4º ano, observava os alunos de uma escola vizinha brincando no horário de intervalo. Questionada se está sentindo falta das aulas, ela disse que sim.

A mãe de Natália, Rosana Fonseca, 37, teme por prejuízos no ano letivo. “A gente fica preocupada que os alunos sejam prejudicados, apesar de saber que as pessoas que estão aqui, não estão porque querem”, disse. A dona de casa mora na rua Israel Bastos, também no Armando Mendes, mas teve somente a cozinha da casa alagada e não precisou sair do imóvel.

As famílias querem ser encaminhadas para apartamentos do Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim) pois justificam que foram cadastradas para serem contempladas pelo programa do Governo do Estado. Elas também alegam que foram informadas que sairiam em outubro do ano passado.

A Secretaria Municipal de Educação (Semed) informou ontem que as famílias ficarão na escola somente até esta semana. Ao todo, 1.225 alunos do 1º ao 9º ano do ensino fundamental estudam na escola municipal Aristóteles Comte de Alencar. De acordo com a Semed, as aulas serão retomadas a partir da próxima segunda-feira, 17.

A secretaria comunicou, ainda, que “não haverá prejuízo quanto ao conteúdo, visto que as aulas serão repostas em calendário especial, aos sábados”, garantiu a Semed sobre a situação da perda de aulas.

A Semasdh também informou que, desde anteontem, a secretária da pasta, Maria Gorete Ribeiro, e o prefeito Artur Neto, têm negociado com o Governo do Estado a realocação das famílias para novas moradias. A secretaria estima que até o final da semana seja definida alguma medida, pois a escola não tem condições de abrigar as famílias por muito tempo. Os moradores desabrigados temem aceitar o aluguel social da prefeitura, no valor de R$ 300, e deixarem de ser contempladas pelo Prosamim.