Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Facções criminosas disputam espaço em Manaus

Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) investiga hipótese de que vítimas de tiros no domingo sejam alvos da 'Família do Norte', dominando a área

A Delegacia de Homicídios e Sequestros (DEHS) já tem informações sobre o autor do homicídio

Delegacia de Homicídios quer esclarecer os crimes ocorridos nos conjuntos Cidadão 5 e 7 e bairro Nova Cidade (Winnetou Almeida)

Uma possível disputa pelo comando do tráfico de drogas e a expansão da área de atuação da facção criminosa “Família do Norte” (FDN) são algumas das linhas de investigação que a Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) trabalha para esclarecer um homicídio e três tentativas de homicídios ocorridos na madrugada do último domingo (16) na Zona Norte de Manaus. Pessoas que estavam num carro de marca Renaut de cor preta, sem placas identificadas, percorreram o bairro Nova Cidade e conjuntos Cidadão 5 e 7 efetuando disparos de arma de fogo.

De acordo com informações da DEHS, comandada pelo delegado adjunto Gerson Oliveira, a equipe de investigação está colhendo informações junto a testemunhas e parentes de Elbio Augusto Ramos Menezes, 23, Patrick Ramos Veiga, 23, e Edvan Pinto Reis, que foram feridos, e de Rodolfo dos Santos Lacerda, 30, que morreu ao levar um tiro do lado direito.

Os locais onde aconteceram os disparos, segundo o delegado adjunto, são considerados “área vermelha” e dominados pelos irmãos Francisco Diego dos Anjos, 24, o “Dieguinho”, e Jeanderson dos Anjos Nogueira, 33, o “Bily”, presos nos dias 6 e 12 do mês passado. Ambos são investigados em mais de 30 inquéritos, que incluem crimes de homicídio e tráfico e são inimigos declarados da FDN. Mas a prisão dos irmãos, enfraqueceu o tráfico de drogas no Nova Cidade e Cidadãos 5 e 7.

“Dieguinho e Bily dominavam o tráfico no Nova Cidade e os disparos ocorreram bem na divisão da área. Com a prisão deles, a FDN quer dominar todo o território”, explicou o delegado Gerson Oliveira. Ele acrescentou que os irmãos já haviam sofrido tentativa de homicídio por parte da facção rival e a prisão deles abriu espaço para os desafetos.

“Não posso te afirmar quais são as motivações do crime porque não ouvi a família, mas acho difícil serem fatos isolados, pois todos têm as mesmas características e modos operandis”, destacou o adjunto.

Segundo ele, vítimas e parentes estão sendo ouvidas para que a polícia verifique se existe relação com o tráfico de drogas. A polícia também está checando se nos locais onde ocorreram os disparos existem câmeras de segurança que possam ajudar a identificar os autores dos crimes.

Denúncia

O delegado pede à população que quem tiver informações que possam ajudar na investigação, basta ligar para o telefone 181 da Secretaria de Segurança Pública, que sua identidade será preservada.

Três feridos e um morto por disparos

Na madrugada de domingo, atiradores que estavam num carro modelo Renaut de cor preta e placas não identificadas espalharam terror em algumas ruas dos conjuntos Cidadão 5 e 7, e bairro Nova Cidade.

Quatro pessoas foram feridas a bala e levadas ao Pronto Socorro Platão Araújo, sendo que uma das vítimas, Rodolfo dos Santos Lacerda, morreu. Familiares e amigos de Rodolfo informaram que ele era trabalhador e pai de família e que não tinha envolvimento em crimes.

O delegado adjunto da DEHS, Gerson Oliveira, disse que irá trabalhar em conjunto com o 15º Distrito Integrado de Polícia (DIP), responsável pela área, para dar mais rapidez ao caso.