Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Comércio local estima faturar R$ 119 milhões no Dia das Mães

A estimativa decorre de pesquisa realizada pela Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL-Manaus), sobre a pretensão de gastos do consumidor com a data

Movimento no comércio do Centro da cidade ontem já deu a medido do os lojistas esperam que aconteça a partir de quinta-feira: corrida aos presentes

A pesquisa buscou saber, ainda, de que forma seria efetuado o pagamento das compras (Antonio Menezes)

O comércio varejista de Manaus espera faturar até R$ 119 milhões com as vendas relativas ao Dia das Mães, data a ser comemorada no segundo domingo de maio. A estimativa decorre de pesquisa realizada pela Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL-Manaus), divulgada nesta terça-feira (15). Ela mostra a pretensão de gastos do consumidor com a data, considerada a segundo melhor em vendas pelos lojistas, ficando atrás apenas do Natal.

Realizada com 542 entrevistados, entre os dias 27 e 31 de março, a pesquisa detectou que 23,9% pretendem gastar mais de R$ 400; 23,1% gastarão entre R$ 101 e R$ 200; 18,1% indicaram que vão gastar entre R$ 81 e R$ 100, enquanto 13,3% devem consumir com presentes de R$ 201,00 a R$ 300.

Perguntados sobre quem pretendiam presentear no Dia das Mães, 74¨,8% disseram que presenteariam a mãe; 10,3% a suas esposas que também devem ser mães; 4,3% a sogra; 3,3% a avó; 2,7% a filha que deve ser mãe; 1,3% a irmã ou a tia respectivamente; 0,7% a nora; 0,5% a madrinha; 0,2% uma amiga, a si mesma, a namorada, pastora da igreja ou não sabe, respectivamente.

Objeto

Quanto ao objeto, a pesquisa levantou que 17,9% dos entrevistados pretendem presentear no Dia das Mães com alguma peça de vestuário. Outros 17,1% com algum eletrodoméstico; 14,5% optarão por perfume ou similar; 11,3% presentearão a mãe com calçado, enquanto 8,9% o farão com com aparelho de telefone celular.

Quando questionados sobre o que gostariam de ganhar, o resultado foi este: 15,2% gostariam de ganhar um eletrodoméstico; 14,7% um aparelho de telefone celular; 11,3% perfume ou similar; 10,8% smartphone/tablet; 8,3% vestuário/lingerie; 6,4% joias; 5,9% jogo de panelas; 4,4% móveis, o que demonstra, para a CDL-Manaus, uma afinidade pelos bens de consumo durável e de maior valor, embora permaneça a tendência de algo de utilização pessoal por parte do presenteado.

Dessa forma embora o desejo seja por bem de maior valor financeiro, a prioridade entre o desejo de quem vai receber presente e de quem vai dar presente, não difere muito.

Pagamento

A pesquisa buscou saber, ainda, de que forma seria efetuado o pagamento das compras. O resultado foi este: 70,3% disseram que vão pagar em dinheiro; 23,3% em cartão de crédito; 38% em cartão da loja; 1,4% em crediário ou carnê; 1,0% em cartão de débito e 0,2% em cheque a vista.

Uma pesquisa da Secretaria Nacional de Assuntos Estratégicos (2012) realizada em 210 cidades descobriu que pelo menos oito de cada dez brasileiros costumam pagar suas compras em dinheiro e, isso se dá pelo fato de acreditarem que outra forma de pagamento é a realização de dívidas futuras.

Além disso, segundo a pesquisa, pensam que talvez não tenham condições de pagá-las, fato esse confirmado pela pesquisa da CDL-Manaus, quando 7,03 de 10 pessoas entrevistadas disseram que vão pagar suas compras em dinheiro.