Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Manaustrans, Ipem-AM e Detran-AM fiscalizam veículos de transporte escolar

Até o final do mês, os veículos utilizados para o transporte escolar serão fiscalizados e os condutores serão orientados sobre a obrigatoriedade de equipamentos de segurança

O diretor-presidente do Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas, Márcio Brito, orientou motoristas sobre a importância do uso do cronotacógrafo nos veículos

O diretor-presidente do Instituto de Pesos e Medidas do Amazonas, Márcio Brito, orientou motoristas sobre a importância do uso do cronotacógrafo nos veículos (J. Renato Queiroz)

A fiscalização do transporte escolar começou a ser intensificada ontem pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-AM), em parceria com o Instituto de Pesos e Medidas (Ipem-AM), com a campanha educativa “Volta às Aulas 2014”. Até o início da tarde, um veículo havia sido notificado porque o tacógrafo, item obrigatório, estava sem a certificação do Ipem-AM.

Até o final do mês, os veículos utilizados para o transporte escolar serão fiscalizados e os condutores serão orientados sobre a obrigatoriedade de equipamentos de segurança.

Com o retorno das atividades escolares, o Ipem-Am estará alertando os profissionais do transporte escolar para a importância da utilização do cronotacógrafo (ou tacógrafo).

O equipamento tem como função registrar as velocidades desenvolvidas pelo veículo, tempos de parada, distâncias percorridas e freadas bruscas, entre outras informações sobre o percurso. O uso obrigatório está previsto no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

“Vale ressaltar que o equipamento é considerado a caixa preta do veículo”, alertou o presidente do Ipem-AM, Márcio Brito. Segundo ele, aproximadamente 85 veículos de transporte escolar já passaram pelo Ipem. Porém, de acordo com a Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), 190 veículos estão cadastrados para operarem no sistema de transporte escolar.

O diretor-presidente do Detran-AM, Leonel Feitoza, também alerta os pais para que fiquem atentos, no momento de contratar a condução escolar dos filhos. “É importante verificar se a empresa atende todas as exigências para transportar as crianças com segurança. Nós estamos avaliando a documentação do condutor, se ele é habilitado para exercer a atividade, se ele tem habilitação categoria “D”, se ele é maior de 21 anos e se ele não tem antecedentes criminais, além da verificação que o Ipem faz no tacógrafo e se o veículo tem autorização da SMTU”, explicou Feitoza.

A ação iniciou em frente ao Centro Educacional Pingo de Gente, na rua Galícia, bairro Adrianópolis. No local, uma van foi fiscalizada, mas estava regular. Em frente ao Centro Educacional Adalberto Vale, na avenida Via Láctea, mais dois veículos foram fiscalizados no início da tarde. Somente um deles foi notificado pelo Ipem-AM porque o tacógrafo não possuía a certificação do órgão. A campanha educativa vai continuar percorrendo por outras escolas.