Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Polícia Federal instala posto para emissão de passaporte em novo PAC de Manaus

Serviço passará a ser oferecido a partir de 30 de setembro na unidade de Pronto Atendimento ao Cidadão do Shopping Leste

Uma das novidades do serviço de Pronto Atendimento ao Cidadão é a oferta da emissão de passaportes

Uma das novidades do serviço de Pronto Atendimento ao Cidadão é a oferta da emissão de passaportes (Bruno Kelly)

No final de setembro, o cidadão poderá recorrer ao Pronto Atendimento ao Cidadão (PAC) Shopping Leste, ainda em fase final de obra, para conseguir o passaporte. A novidade faz parte de um projeto de reestruturação das unidades de Pronto Atendimento ao Cidadão, onde todos os PACs da capital passarão por melhorias estruturais e alguns oferecerão serviços diferenciados à população.

A emissão dos passaportes, por exemplo, é resultado de uma parceria com a Polícia Federal (PF), segundo ouvidora geral do Estado, Zanele Rocha Teixeira. A PF instalará o serviço no PAC Shopping Leste, previsto para ser inaugurado no dia 30 de setembro, na avenida Autaz Mirim (Grande Circular).

No ano passado, segundo o site da PF, foram emitidos 2,1 milhões de passaportes em todo o país, um crescimento de 34,2% em relação a 2010, ano em que foi lançado o novo passaporte brasileiro com chip. “A demanda no PAC São José vem crescendo a cada ano e a estrutura atual já se mostra insuficiente para realizar o atendimento que esperamos. Por isso os serviços serão descentralizados e iremos inaugurar o PAC Shopping Leste”, explicou a ouvidora.

De acordo com Zanele Teixeira, já havia um estudo apontando para o aumento crescente da demanda nas zonas Norte e Leste, as mais populosas da capital e que seria necessária a reestruturação do serviço. “Passam entre 3 a 6 mil pessoas nos PACs por dia. No ‘São José’ a demanda é maior”.

Quando for inaugurado, o PAC Shopping Leste vai trazer também serviços da Receita Federal, INSS, Defensoria, dentre outros.

Cidade Nova

O investimento inicial do projeto de reestruturação dos serviços de Pronto Atendimento ao Cidadão é da ordem de R$ 2 milhões, sem incluir o custo com a obra do novo PAC da Cidade Nova, que será construído na rua Bispo Massa, Cidade Nova 1, próximo ao prédio onde o serviço funciona atualmente.

O PAC da Cidade Nova, na avenida Noel Nutels, vem sendo alvo de constantes reclamações dos usuários. Ontem, a autônoma Ângela Maria Pereira saiu de casa, no bairro Nova Cidade, Zona Norte, para resolver uma questão no Detran. “Hoje deu tudo certo, mas já vim outras vezes e como esse prédio é pequeno, fica muito lotado, é difícil até de andar aqui dentro”, contou. Ontem, as pessoas que aguardavam atendimento no segundo piso do PAC Cidade Nova usavam papel e até a bolsa para se abanar, numa tentativa de afastar o calor.

A precariedade da estrutura física foi decisiva para a opção por um novo PAC no bairro. O terreno já foi doado pela Suhab e a Seinfra está elaborando o projeto para ser construído, segundo Zanele. A grande novidade é que essa unidade vai funcionar com setores de todos os órgãos do Estado, concentrando em um só local uma maior quantidade de serviços. A ideia se baseia no modelo já adotado no Acre.

Unidade da Compensa é reaberta

O PAC da Compensa, na Zona Oeste, foi reaberto ontem, após ter ficado 22 dias fechado para reforma. A unidade, inaugurada há 14 anos, estava cheia de goteiras.

Há um ano, a Eletrobras Amazonas Energia entregou o espaço que ocupava no PAC alegando insatisfação com a estrutura física. O serviço, que recebe, em média, 2,5 mil pessoas por dia, teve o telhado reformado e as instalações elétricas trocadas.

Segundo a gestora da unidade, Graça Torres, o maior volume de atendimento está relacionado ao pagamento do seguro-desemprego e taxas do Detran. Permanecem os serviços da Sefaz, Setrab, Polícia Civil, Farmácia Popular, Junta do Serviço Militar, Defensoria, Seped, Semef, Correios, Sinetram e Manaus Ambiental.