Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Após 17 mortes por afogamento, regras ainda são ignoradas na praia da Ponta Negra

Sem fiscalização, banhistas consomem bebidas alcoólicas dentro do rio Negro, sem se importar com a segurança, apesar da prática ser proibida pela Prefeitura de Manaus

Grupo de banhistas desrespeitava as normas de uso da praia e bebia cerveja enquanto nadava, na manhã deste domingo

Grupo de banhistas desrespeitava as normas de uso da praia e bebia cerveja enquanto nadava, na manhã deste domingo (Evandro Seixas)

Nos finais de semana de sol e calor, a praia da Ponta Negra, na Zona Oeste, é um dos locais mais procurados por banhistas, que também precisam ficar mais atentos a alguns cuidados, que vão além do uso do protetor solar. Não ser imprudente, no sentido de prevenir afogamentos, é um deles.

Porém, mesmo depois de ter subido para 17 o número de mortes por afogamentos na praia da Ponta Negra, banhistas insistem em desrespeitar as regras de uso público do balneário, estipuladas pela Prefeitura de Manaus.

É o caso de alguns banhistas que consomem bebida alcoólica dentro do rio Negro. Na manhã deste domingo (16), por exemplo, A CRÍTICA flagrou um grupo de banhistas tomando cerveja enquanto tomava banho. Na ausência de policiamento ou mesmo fiscais na praia, cada um segurava uma latinha de cerveja, dentro da água, sem preocupação. Apenas salva-vidas estavam no local, e não para fiscalizar essas “infrações”.

O último caso de afogamento na praia da Ponta Negra foi registrado no início deste mês. O estudante Jean Elias Pereira, 20, morreu afogado numa área permitida para banho. Mas o jovem estava no local fora do horário permitido e testemunhas disseram que ele estava consumindo bebida alcoólica com amigos, antes de entrar na água.

Uma das principais orientações da prefeitura é evitar o consumo de bebida alcoólica e posteriormente entrar na água, pois esse, segundo a própria prefeitura, é um grande fator de risco que leva ao afogamento.

Além de do consumo de bebida alcoólica por banhistas dentro do rio Negro, outro erro cometido na praia da Ponta Negra é o descarte incorreto de lixo, principalmente das latinhas de cerveja. Muitas embalagens são jogadas pelos banhistas na faixa de areia e próximo das águas, o que não combina com o espaço revitalizado. De acordo com usuários, o problema está na falta de lixeiras na faixa de areia.