Log in

Bem-vindo Log out Alterar dados pessoais

Esqueceu a senha?

X

Qualquer dúvida click no link ao lado para contato com a Central de Atendimento ao Assinante

Esqueceu a senha?

X

Sua senha foi enviadad para o e-mail:

Condutores desrespeitam restrição nas zonas de circulação para veículos pesados em Manaus

Segundo dados do Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans), autuações passam de 600

Assim como na avenida Constantino Nery, onde as multas estão valendo, na Djalma Batista haverá período de orientação

Assim como na avenida Constantino Nery, onde as multas estão valendo, na Djalma Batista haverá período de orientação (Luiz Vasconcelos)

Aproximadamente 600 condutores foram autuados desde a implantação da restrição nas zonas de circulação para veículos pesados, em abril do ano passado, segundo o Instituto Municipal de Engenharia e Fiscalização do Trânsito (Manaustrans). Os motoristas infratores desrespeitaram a restrição e foram flagrados por agentes de trânsito.

“Os fiscais de trânsito estão constantemente nas ruas onde não é permitido o acesso a caminhões de grande porte para aplicar punição ao condutor que desrespeita a determinação”, disse o diretor-presidente do Manaustrans, Paulo Henrique Martins.

A restrição, que iniciou em 11 ruas do Centro, foi expandida para a avenida Constantino Nery em maio deste ano. No período de um mês, agentes do Manautrans abordaram 23 caminhões e autuaram oito transitando em horário não permitido pela sinalização.

Na quarta-feira, teve início a vigência da restrição na avenida Djalma Batista, onde 115 condutores foram abordados durante a ação educativa. Nos próximos 15 dias a ação será realizada dentro das empresas que utilizam a avenida Djalma Batista para transporte de carga. Ontem, os educadores do Manaustrans visitaram as concessionárias de veículos instaladas na Djalma Batista para orientar sobre as novas regras de circulação.

Regras

A exemplo do que já ocorre na avenida Constantino Nery e em 11 ruas do Centro de Manaus desde o final de 2013, a restrição terá dois horários. O primeiro, de Máxima Restrição, das 6h às 9h e das 17h às 20h, quando somente será permitida a circulação de veículos com até oito toneladas de Peso Bruto Total (PBT). O segundo horário, de Média Restrição, das 9h às 17h, será permitido a circulação de veículos de até 16 toneladas de PBT.

Caso o condutor circule na via em horário não permitido é considerado infração média, com multa de R$ 85,13 e 4 pontos na CNH. “A zona de restrição se estenderá até as avenidas Umberto Calderaro e Mário Ypiranga Monteiro, também na zona Centro-Sul de Manaus”, explicou o diretor-presidente.